text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Conheça os finalistas do Prêmio Santander de Ciência

      


- Prêmios à inovação: conheça o Prêmio Santander

- Palavra dos campeões: quem já ganhou conta sua história

- Caminho das pedras: dicas para ser um vencedor

- Orientação valiosa: Comissão julgadora dá dicas para um bom projeto

- Conheça os finalistas de empreende-
dorismo


Do Universia

Foi divulgada nesta terça-feira, 9 de outubro, a lista dos 15 finalistas regionais da terceira edição do Prêmio Santander de Ciência e Inovação. A escolha dos vencedores regionais, que irão posteriormente disputar a final nacional para escolha dos vencedores de 2008, está marcada para três datas diferentes. No dia 24 de outubro em Porto Alegre - para escolha dos melhores do módulo azul -, dia 29 de outubro em São Paulo - para escolha dos vencedores do módulo amarelo - e em 31 de outubro - quando serão escolhidos os ganhadores do módulo verde. Cada módulo representa uma divisão regional do prêmio. Os vencedores da final nacional serão anunciados no dia 29 de novembro, em Brasília.

"Os Prêmios Santander já se tornaram uma tradição nas universidades. E, dada essa alta adesão do meio, nesse ano, junto com os reitores, decidimos criar uma grande novidade. Para ampliar ainda mais a repercussão e, de fato, dar a amplitude que o prêmio merece, estendemos a premiação a quatro grandes cidades no país, criando cerimônias regionais em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, além da grande final em Brasília", explica o vice-presidente do Santander Universidades, Jamil Hannouche. "A grande verdade é que os Prêmios, hoje, são uma marca registrada junto ao meio acadêmico".

A terceira edição do Prêmio Santander de Ciência e Inovação tem três categorias: Indústria, Biotecnologia, Tecnologia da Informação e Comunicação. O vencedor nacional de cada categoria receberá R$ 50 mil como prêmio. No total serão distribuídos R$ 150 mil em prêmios. Os trabalhos foram avaliados por uma comissão de pesquisadores, sob a coordenação do professor e pesquisador Adolpho Melfi, Vice-presidente da Academia Brasileira de Ciências.

A criação dos módulos regionais foi uma iniciativa no sentido de equilibrar e qualificar ainda mais o nível da disputa, dar suporte e maiores oportunidades para os participantes. O Prêmio Santander de Ciência e Inovação foi aberto a pesquisadores Doutores, que apresentaram um projeto de pesquisa inovador desenvolvido em uma Instituição de Ensino Superior parceira do Universia e/ou do Santander.

Os 15 finalistas regionais são:

  • álvaro Cantini Nunes e Mark Alan Junho Song, da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais);
  • Antonio Carlos Martins de Camargo e Eugênio Akihiro Nassu, da USP (Universidade de São Paulo);
  • Artur de Souza Moret, Eduardo Galembeck, Eduardo José de Arruda e Erich Vinicius de Paula, da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas);
  • Carlos Alejandro Figueroa, da UCS (Universidade de Caxias do Sul);
  • Demercil de Souza Oliveira Junior, da UFC (Universidade Federal do Ceará);
  • Diógenes Santiago Santos, da PUCRS (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul);
  • Jacques Duílio Brancher, da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul);
  • Leda dos Reis Castilho, Patrícia Valente da Silva e Richard Magdalena Stephan, da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).
    • Fonte:

    Tags:

  • Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.