text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Superioridade de IES públicas não surpreende Capes

      

A avaliação trienal da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) divulgada nessa quarta-feira, 10 de outubro, mostrou que as universidades públicas levam vantagem sobre as particulares em se tratando de pós-graduações, mestrados e doutorados. A análise refere-se aos anos de 2004 e 2006

Segundo o Diretor de Avaliação da Capes, Renato Janine Ribeiro, os resultados da avaliação eram esperados. "As universidades públicas tem uma tradição maior em pesquisa e produção científica. Algumas particulares começaram cursos de pós-graduação há pouco tempo, portanto, o resultado não é surpreendente", explica.

Quanto ao desempenho das particulares, Ribeiro é otimista com o futuro dessas instituições. "As universidades particulares têm investido, até porque sabem que a Reforma Universitária um dia sai do papel e vai obrigá-las a fazer isso. Creio que daqui duas avaliações dessas, mais universidades privadas estarão presentes na lista das melhores", projeta.

O Brasil é o 15º país do mundo em produção científica. Ainda segundo Ribeiro, esse é o resultado mais importante da avaliação. "Estamos à frente de países como Suécia e Suíça nesse quesito, o que aumenta nossa responsabilidade. As instituições que foram bem tem de continuar seu trabalho e aquelas que não conseguiram boas notas tem de se esforçar para subirmos ainda mais", recomenda.

As instituições ainda podem entrar com recurso para contestar o resultado da avaliação trienal,o que pode mudar a análise. "O resultado divulgado não é definitivo. Se alguma instituição discordar da nota recebida, tem 30 dias para encaminhar o recurso. Os pedidos serão analisados, e as notas podem mudar", finaliza Ribeiro.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.