text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Reitoria da PUC-SP também é invadida por estudantes

      

Depois da crise nas federias, que resultou na ocupação da reitoria de pelo menos três instituições, outra universidade sofre com o problema: a PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo). A ocupação aconteceu na noite do dia 6 de novembro. Mas aparentemente a razão nada tem a ver com a motivação que levou às invasões das federais. A reportagem do Universia entrou em contato com o CA (Centro Acadêmico) da universidade, porém, os estudantes estavam em assembléia e não atenderam aos telefonemas. Mas de acordo com o blog criado pelos manifestantes, o motivo alegado para a ocupação é o redesenho institucional da universidade. A PUC-SP ainda não se pronunciou e promete uma nota oficial sobre o assunto até o início da tarde.

Já nas federais, o problema envolve a adesão delas ao Reuni (Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais) do governo federal. Até o dia 30 de outubro, as reitorias da UFCE (Universidade Federal do Ceará), UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) e Unirio (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) estavam ocupadas por estudantes em protesto contra a adesão delas ao Reuni. Só que o reitor da UFPE, Amaro Lins, decidiu tomar uma atitude mais enérgica para por fim ao problema. Ele acionou a Justiça nessa segunda-feira, 5 de novembro, para solicitar reintegração de posse do prédio da reitoria, que está ocupada por estudantes desde o dia 26 de outubro.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.