Notícias

UFSC: candidatos são eliminados do vestibular por uso de celular

      

Detectores de metal flagraram mais de 30 pessoas usando o aparelho quando iam ao banheiro

Mais de 30 candidatos do Vestibular UFSC/2010 serão eliminados porque usaram celulares durante as provas, realizadas nos dias 19, 20 e 21 em 13 cidades catarinenses. O número exato de eliminações só será conhecido quando chegarem os relatórios das cidades mais distantes. "Colocamos 170 detectores de metal, média de um para cada 150 candidatos, cobrindo os 910 locais (salas) onde o concurso foi realizado", disse nesta terça-feira o presidente da Comissão Permanente do Vestibular (Coperve), Júlio Szeremeta. "A maioria usou o celular quando pediu para ir ao banheiro", conta ele.

No mais, o concurso transcorreu dentro da normalidade e até o momento não houve contestação de nenhuma das mais de 500 proposições que compuseram as 80 questões objetivas das provas. O prazo para entrar com recurso termina nesta terça-feira à noite. Os gabaritos foram disponibilizados às 20h ontem e podem ser acessados na página do concurso (www.vestibular2010.ufsc.br) ou solicitados por meio de fax (48-3721-9952) à Coperve.

No último dia (segunda-feira, 21) houve mais atendimentos médicos nos 40 colégios onde ocorreram provas na Grande Florianópolis. Além das três ambulâncias de plantão, foi preciso chamar dois carros extras para socorrer os candidatos. O calor acima do normal foi a causa principal para essa demanda elevada, acredita o presidente da Coperve. Este ano, as provas foram realizadas em mais cidades, em vista da inclusão de Araranguá e Curitibanos, onde a Universidade Federal de Santa Catarina implantou novos campi, e de Canoinhas, no planalto norte do Estado.

Abstenção elevada ? O índice geral de abstenção chegou a 18,52%, o que significa que 6.058 candidatos deixaram de fazer as provas. No ano passado o índice foi de 13,97%, e em 2008, de 12,53%. O professor Júlio Szeremeta acredita que o fato de ter sido a última universidade a realizar o vestibular (com coincidências parciais de data com a Universidade Federal Fluminense, a Universidade de Brasília e a Unesp) pode ter elevado o número de abstenções. Além disso, a decisão de algumas instituições federais de fazerem o concurso em duas etapas levou muitos candidatos a desistirem da viagem a Florianópolis.

"Eles só viriam para cá se não passassem na etapa inicial em outra universidade", afirma o presidente da Coperve. "A UFSC tem um bom conceito, mas se puder permanecer em sua região o candidato vai optar por uma instituição mais próxima". A abstenção foi mais acentuada entre os candidatos para o curso de Medicina ? em torno de 25%. Uma explicação para isso é que muitos realizaram o vestibular em diferentes universidades e foram bem na primeira etapa das provas.

Lista e matrículas ? Em relação à divulgação dos resultados, a Coperve diz estar nas mãos do Ministério da Educação. Como cerca de 2/3 dos candidatos optaram por utilizar a nota do ENEM, a UFSC irá aguardar até 8 de fevereiro, data limite para que se conheçam os calouros da instituição, a fim de não prejudicar o calendário acadêmico de 2010. Se até essa data o resultado do Enem não for divulgado, a Universidade deverá desconsiderá-lo, anunciando em seguida os aprovados de seu Vestibular. As matrículas deverão ficar para o final de fevereiro.

Mais informações poder ser obtidas na Coperve, pelo fone (48) 3721-9200.

Fonte: Assessoria de Comunicação da UFSC

  • Fonte:


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.