text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Unoeste: Designer de produto tem boa aceitação no mercado

      

Unoeste conta com Curso Superior de Tecnologia em Design de Produto que tem duração de 4 semestres (2 anos)

O Curso Superior de Tecnologia em Design de Produto da Unoeste tem duração de 4 semestres (2 anos) e formará a primeira turma no final deste ano. Com grade curricular voltada para a prática, o objetivo é preparar o profissional para o mercado de trabalho.

De acordo com o professor Marcelo Mota, um dos responsáveis pela implantação do curso, a oportunidade de criá-lo surgiu exatamente da necessidade. "Muitas empresas da região procuram profissionais que atuam nessa área. Como me dedico à graduação, sempre indico alunos da Unoeste e tenho recebido muitos elogios pelos trabalhos desenvolvidos", ressalta.

Mota salienta que a profissão faz parte de uma área de conhecimento nova no Brasil e que muitas empresas sabem da importância do trabalho deste profissional. "O curso na Unoeste tem uma excelente estrutura. Os computadores instalados contam com o que há de mais moderno em softwares. As aulas são práticas e preparam o aluno para o mercado, inclusive com disciplinas como Gestão e Marketing", completa.
Para a coordenadora, Sibila Corral de Area Leão Honda, o designer de produto precisa ter curiosidade por novos materiais e conhecer o que há de novo no mercado em relação à estética e ergonomia dos produtos. "O aluno da Unoeste adquire, durante o curso, os conhecimentos necessários para trabalhar de forma holística, com visão crítica e sólida, formação criativa, analítica e tecnológica", informa.

Sobre a atuação do profissional, a coordenadora destaca que os graduados podem abrir o próprio escritório, trabalhando em projetos de produtos e na parte gráfica, ou diretamente com manufaturas e indústrias, no projeto, modelagem, pesquisa de novos materiais e formas, minimização de custos de produção e em outros setores da produção. "Entre os produtos elaborados pelo designer estão: luminárias, artigos de couro e metais, mobiliário doméstico e urbano, embalagens, além de outros materiais de uso pessoal ou coletivo do cotidiano", finaliza.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Unoeste

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.