text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Inep cancela mais 43 questões do Enade

      

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) cancelou mais 43 questões objetivas do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) após os analistas do Instituto constatarem inconsistências nas respostas, respostas duplas, risco de mal entendimento nos enunciados e descumprimento das diretrizes estabelecidas.

Além dessas questões, que se juntam a outras 11 perguntas já canceladas anteriormente, o Inep cancelou dois itens em questões dissertativas. No total, 7% das perguntas já foram anuladas. Os alunos receberão pontos respectivos às perguntas anuladas.

A assessoria de imprensa do Inep informou que a qualidade geral da prova não está comprometida, pois o objetivo é de avaliar os cursos e não os alunos. Ou seja, não tem caráter eliminatório. As provas foram elaboradas pela empresa Consulplan, vencedora da licitação do Instituto, a partir das diretrizes curriculares de cada curso. A revisão das provas, informa a assessoria, é feita apenas depois da aplicação das mesmas..

Ainda de acordo com informações fornecidas pela assessoria de imprensa do Instituto, os motivos para anulação de cada questão serão analisados antes que qualquer medida seja tomada com relação à Consulplan. Se forem constatadas irregularidades, a empresa pode ser notificada, multada ou até mesmo proibida de participar de novas licitações do Inep.

O Enade é aplicado a cada três anos a um grupo diferente de cursos superiores. A prova em questão avaliava a qualidade dos cursos da área de humanidades. As provas são compostas por 40 questões, sendo que dez são comuns a todas as áreas e as demais abordam conteúdos específicos.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.