text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Vestibular UFMG 2010 termina domingo com provas para o curso de Teatro

      

O Vestibular UFMG 2010 já terminou para muitos candidatos mas para outros a maratona de testes continua. Durante sábado e domingo, de 8 às 18h30, candidatos que tentam vaga no curso de Teatro farão prova de audição didática coletiva no auditório da Escola de Belas Artes da UFMG, campus Pampulha. A Comissão Permanente do Vestibular (Copeve) esclareceu que o concurso termina no domingo, dia 10. "Não houve necessidade de alocar candidatos na segunda-feira, dia 11", informou a coordenadora geral da Copeve, Vera Resende.

Hoje foi aplicada a prova de percepção visual para candidatos aos cursos de Artes Visuais, Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis, Cinema de Animação e Artes Digitais, Design e Design de Moda. Ainda nesta sexta-feira, os que concorreram aos cursos de Dança e Teatro fizeram as provas de atuação e audição didática coletiva. Todas as provas de habilidades foram realizadas somente em Belo Horizonte.

De acordo com a Copeve, o índice de desistência registrado hoje foi de 12,35%, o que corresponde a 149 candidatos ausentes de um total de 1.207 que fariam as provas. Os portões foram fechados às 14h14 e a Copeve autorizou o início das provas às 14h18. O período mínimo de sigilo terminou às 16h18, quando os candidatos puderam sair dos locais de prova.

Provas da segunda etapa

As provas de habilidades da 2¦ etapa do Vestibular 2010 tiveram início no dia 5, quando os inscritos ao curso de Música (bacharelado e licenciatura) fizeram o teste de percepção musical. Em seguida, dia 7, esses mesmos candidatos passaram pelo teste de prática de música. Com início no quarto dia do concurso, até domingo serão aplicadas provas de atuação e audição didática coletiva.

Do dia 4 a 7 foram aplicadas provas específicas de redação, biologia, biologia/química (para o curso de Medicina), física, geografia, língua portuguesa e literatura brasileira, química, história, filosofia, língua estrangeira e matemática.

Para participar da segunda fase do concurso foram convocados 17.274 candidatos, sendo 734 treineiros. O Vestibular UFMG 2010 oferece 6,6 mil vagas em 73 cursos de graduação.

Transferência e obtenção de novo título
Nas modalidades transferência e obtenção de novo título, cujas provas terminaram hoje, dia 8, a desistência foi de 40,74%, ou seja, dos 81 candidatos que prestariam o concurso 33 desistiram dos exames. No total, a UFMG recebeu 1.840 inscrições para concorrer a 324 vagas em 48 cursos. As provas tiveram início no dia 4.

Resultado
O resultado final do Vestibular UFMG 2010 será divulgado na última semana de janeiro. Para consultar as provas aplicadas na segunda etapa do concurso, basta acessar a página www.ufmg.br/copeve

Repercussão
Patrícia Soares, de 27 anos, e Nayana Horta Campos, de 18, praticam dança desde que eram crianças. Mas para as duas estudantes as aulas práticas em cursos e escolas especializadas não bastaram, por isso alimentam o sonho de estudar a dança em uma universidade. Elas participaram hoje das provas de atuação e audição didática coletiva na busca por uma vaga no curso de graduação em Dança da UFMG, oferecido pela primeira vez neste vestibular.

Patrícia dança desde os quatro anos de idade, mas vê no curso da UFMG a oportunidade de ir além do que tem feito até agora "Espero que o curso venha somar em termos de conhecimento. O trabalho dos professores parece ser sério, o que influencia muito na qualidade do curso. A maioria das pessoas só pratica a dança, sem preocupação com o estudo, eu quero muito estudar", diz.

Nayana quer ser professora de dança. Para ela, o curso da UFMG, que é de licenciatura, caiu como uma luva. "Acredito que dança não é só técnica, só corpo. Na graduação vou ter a oportunidade de estudar e aprender a didática. Quero ser uma professora completa e vou correr atrás disso, apesar das dificuldades", afirma.

As duas estudantes saíram tranqüilas da prova de hoje. "Já tinha participado de oficinas de atuação e conhecia os exercícios. Não esperava que a prova fosse muito técnica e não foi realmente. A exigência foi mais em termos de velocidade de resposta, agilidade", conta Patrícia.

"Acho que contou mais a questão da improvisação. Gostei muito quando os avaliadores pediram que criássemos uma seqüência. Acho que foi uma boa prova, apesar de ser a primeira vez que ela é aplicada para candidatos desse curso. Só senti falta de cobrarem um pouquinho mais de coisas específicas da dança", avalia Nayana.

Informações na Copeve: (31) 3409-4408 ou 3409-4409

Fonte: Assessoria de Comunicação da UFMG

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.