text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Nese/Unisanta divulga inflação de dezembro em Santos

      

Núcleo de Pesquisas e Estudos Socioeconômicos da Unisanta (Nese/Unisanta) divulga índice de inflação em Santos no mês de DEZEMBRO de 2009

IPC ? NESE/UNISANTA DEZEMBRO - 2009

A inflação em Santos medida pelo IPC ? NESE tem pequena elevação

O Öndice de Preços ao Consumidor (IPC) para a cidade de Santos, no mês de dezembro, apresentou índice de inflação de 0,13%, elevando o acumulado no ano a 3,59%, percentual que ficou aquém do índice nacional devido ás características e comportamento da população local.

A valorização do real frente a outras moedas teve efeito redutor nos preços, bem como, a desaceleração econômica que arrefeceu a demanda de produtos e serviços.

De forma específica, é feita a seguir análise detalhada, por grupo, das principais variações apuradas:

-Grupo Habitação: Apresentou inflação de 0,03%, esta queda foi constatada pela redução dos preços de materiais de limpeza, equipamentos eletrônicos e artigos de cama mesa e banho.

-Grupo Alimentação: Foi apurada deflação de -0,11% no mês com esta evolução o acumulado no ano vai a 2,02%, ou seja, índice abaixo da média.

Os itens que mais contribuíram para esta redução foram: subgrupo cafés e achocolatados com redução de -1,9% o sub grupo semi elaborados com redução -0,92, destaque para as aves -2,01% e cereais com redução de -3,9%.

Nos produtos in-natura destaque para as frutas com redução de -2,76%, e nos tubérculos queda de -10,29%.

-Grupo Transportes: Constatada inflação de 0,13% tendo por principal influência a elevação de preço dos automóveis em 0,15% e da manutenção do veículo em 0,28%, destaque para o aumento da gasolina em 0,95% compensado pela queda de preço do óleo para veículo em -3,28%.

-Grupo Despesas Pessoais: Houve inflação de 0,22% tendo por motivação acréscimo do preço dos serviços pessoais em 2,41% (manicure e barbeiro).

-Grupo Saúde: Apresentou deflação de -0,21%, decorrente de pequena queda dos preços de produtos farmacêuticos -1,30%.

-Grupo Vestuário: Houve inflação de 1,88% por influência das roupas de mulher com 2,9% e roupas de homem com acréscimo de 6,2%. No acumulado foi o grupo que mais encareceu tendo evoluído 15,17% em 2009.

-Grupo Educação: Constatou-se pequena inflação no mês da ordem de 0,18% devido á majoração nos preços do material escolar em 3,49%, o qual aumentou em 5,31% no ano.


O IPC ? NESE tem por referência o consumo familiar para famílias com renda até 40 salários mínimos

Fonte: Assessoria de Comunicação da Unisanta

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.