text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Unoeste: Enfermagem - arte e ciência de pessoas que cuidam de outras

      

Unoeste oferece o curso que tem como objetivo a formação generalista, humanista, crítica e reflexiva

Uma profissão que é considerada a arte e a ciência de pessoas que cuidam de outras. Assim pode ser definido o papel do enfermeiro, profissional que está constantemente em contato com o processo de saúde/doença da população e que também atua na proteção, promoção e reabilitação do ser humano de forma holística e interdisciplinar.

"? uma profissão dinâmica que integra a ciência e a arte no cuidado do ser humano, com a finalidade de promover, manter e restaurar a saúde, Além disso, seu princípio ético é a dignidade do ser humano em todos os âmbitos e fases da vida", esclarece a coordenadora pedagógica do Curso de Enfermagem da Unoeste, Larissa Sapucaia Esteves.

Conforme as Diretrizes Curriculares para os cursos da área, o profissional enfermeiro deve ter uma "formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, qualificado para o exercício da Enfermagem. Deve ser capaz de conhecer e intervir sobre os problemas/situações de saúde/doença mais prevalentes, com ênfase na sua região de atuação".

Nilva Galli, diretora da graduação em Enfermagem na Unoeste ressalta que durante a formação, o aluno é incentivado a ter uma atuação plena. "Um dos principais objetivos do curso é estimular o acadêmico a atuar nas áreas de Ensino, Pesquisa e Extensão, bem como desenvolver capacidade para planejar e implementar ações de saúde com base no perfil epidemiológico e ainda capacitar para o gerenciamento do processo de trabalho da equipe de Enfermagem".

De acordo com Larissa Sapucaia, o mercado de trabalho na área é amplo e está em constante crescimento. "Entre as opções de atuação estão hospitais, clínicas e institutos médicos, unidades de pronto atendimento, rede pública de saúde, universidades, escolas técnicas, empresas de grande e médio porte (enfermagem do trabalho), Home Care, representações de laboratórios, equipamentos e produtos hospitalares, hemocentros e outros", observa a coordenadora pedagógica.

Márcia Marcondes Manganaro, enfermeira há quase 27 anos e docente do curso há 15, revela que desde criança tinha o sonho de seguir esta profissão. "Me sinto realizada principalmente quando o paciente deixa o hospital e agradece com um sorriso. Esse relacionamento de cuidado com o ser humano é maravilhoso", finaliza a professora.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Unoeste

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.