text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Confira as sinopses dos filmes da mostra japonesa

      

Confira as sinopses dos filmes que serão exibidos na mostra Cool Japan, promovida pela Embaixada japonesa em Brasília. A mostra ocorrerá entre os dias 19 de janeiro e 7 de fevereiro.

Acesse a página com informações sobre a mostra.

Programação da mostra Cool Japan

19/01- terça-feira
- 17h - Crepúsculo Seibei (2002, 120min)
- 19h30 - O Sol Sempre se Põe na Terceira Rua (2005,132 min)

20/01 - quarta-feira
- 17h - Gente Medrosa (1994, 118 min)
- 19h30 - O Sol Sempre se Põe na Terceira Rua II (2007, 146 min)

21/01 -quinta-feira
- 17h - Water Boys (2001, 91 min)
- 19h30 - Oharu - Vida de uma Cortesã (1952,148min)

22/01 - sexta-feira
- 17h - Swing Girls (2004, 105 min)
- 19h30 - Torre de Tóquio (2007, 142min)

23/01 - sábado
- 15h - A Garota que saltou no Tempo (2006, 99 min)
- 17h - Férias de Verão com Côo (2007, 138 min)
- 19h30 - Hinokio (2005, 111 min)

24/01 - domingo
- 15h - Sonatine (1993, 94 min)
- 17h - Honra de Samurai (2006, 121 min)
- 19h30 - Depois da Chuva (1999, 92 min)

26/01 - terça-feira
- 17h - Contos da Lua Vaga depois da Chuva (1953, 97 min)
- 19h30 - Swing Girls (2004, 105 min)

27/01 - quarta-feira
- 17h - O Sol Sempre se Põe na Terceira Rua (2005,132 min)
- 19h30 - Crepúsculo Seibei (2002,120 min)

28/01 - quinta-feira
- 17h - Gente Medrosa (1994, 118 min)
- 19h30 - O Sol Sempre se Põe na Terceira Rua II (2007,146 min)

29/01 - sexta-feira
- 17h - Sonatine (1993, 94 min)
- 19h30 - Oharu - Vida de uma Cortesã (1952, 148 min)

30/01 - sábado
- 15h - Cintilação (1993, 103 min)
- 17h - O Amor de Nabbiei (1999, 92 min)
- 19h30 - Torre de Tóquio (2007, 142 min)

31/01 - domingo
- 15h - Hinokio (2005, 111 min)
- 17h - Férias de Verão com Côo (2007, 138 min)
- 19h30 - A Garota que saltou no Tempo (2006, 99 min)

02/02 - terça-feira
- 17h - Depois da Chuva (1999, 92 min)
- 19h30 - Honra de Samurai (2006, 121 min)

03/02 - quarta-feira
- 17h - Hinokio (2005, 111 min)
- 19h30 - Férias de Verão com Côo (2007, 138 min)

04/02 - quinta-feira
- 17h - Cintilação (1992, 103 min)
- 19h30 - Torre de Tóquio (2007, 142 min)

05/02 - sexta-feira
- 17h - A Garota que Saltou no Tempo (2006, 99 min)
- 19h30 - O Amor de Nabbie (1999, 92 min)

06/02 - sábado
- 15h - Water Boys (2001,91 min)
- 17h - Crepúsculo Seibei (2002,120 min)
- 19h30 - O Sol Sempre se Põe na Terceira Rua II (2007,146 min)

07/02 - domingo
- 15h - Contos da Lua Vaga Depois da Chuva (1953, 97 min)
- 17h - Swing Girls (2004, 105 min)
- 19h30 - Sonatine (1993, 94 min)

Sinopses dos filmes da mostra Cool Japan

A Garota que Saltou no Tempo, de Hosoda Mamoro - (Makoto Konno, 2006). Animê baseado num mangá de sucesso, ganhador de inúmeros prêmios no Japão e no exterior, dentre eles o de melhor direção no 6º Tokyo Anime World e o de melhor filme no 30º Prêmio da Academia do Japão. Voltado para o público juvenil. Uma colegial que mora no subúrbio de Tóquio sofre um acidente e percebe que tem um dom sobrenatural de transitar pelo tempo. Livre. Dia 05

Cintilação, de Matsuoka Joji (Kirakira Hikaru, 1992) Cor, 16mm, 103 min. Na Tóquio do início da década de 90, Koyama Shoko sai do hospital com o diagnóstico médico de que sua instabilidade emocional pode ser resolvida com um casamento. Shoko é empurrada no dia seguinte para uma entrevista de casamento com Kishida Mutsuki, um médico de 30 anos. Os dois não parecem se dar bem, até que Shoko começa a chorar. "Talvez eu seja maluca."diz ela. "Sou gay", responde Mutsuki casualmente. Um casal improvável, os dois se casam, em parte para satisfazer seus pais aflitos, e se acomodam no que para os outros parece ser uma vida normal. Dia 04

Contos da Lua Vaga depois da Chuva, de Kenji Mizoguchi (Ugetsu Monogatari, 1953). Preto & Branco, 16mm, 97 min. Livremente inspirado em dois contos fantásticos de Akinari Ueda ( 1734~1809), a história se passa em 1583, durante a guerra civil japonesa, quando dois homens tomam caminhos duvidosos para satisfazer seus desejos. A beleza de Kyo Machiko, o esplendor da mansão Kuchiki, o lago envolto em névoa e a combinação harmoniosa de melodias japonesas e ocidentais são alguns dos elementos que se integram para compor um panorama de grande beleza visual. O filme foi premiado com o Leão de Prata no Festival de Veneza de 1953 e com a Medalha de Ouro do Festival de Edimburgo, em 1955. Dia 07

Crepúsculo Seibei, de Yoji Yamada. 2002, 16mm, 129 min. Idealizado por Yoji Yamada, um dos mais representativos diretores do cinema japonês, a produção concorreu ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Consagrado como diretor da mais longa série de cinema já realizada, "? triste Ser Homem", que teve 48 episódios ao longo de 26 anos, Yamada aborda em seus filmes temas como família, educação, terra natal, solidariedade e honestidade. Crepúsculo Seibei, por exemplo, relata o cotidiano de Seibei Iguchi, um Samurai viúvo e pobre que, com parcos recursos, precisa manter suas duas filhas pequenas, uma das quais narra a história, e sua mãe idosa. Dia 06

Depois da Chuva, de Takashi Koizumi, 1999, 16mm, 91 min. Misawa é um samurai que não consegue encontrar emprego, mas que é um gênio da arte de lutar. Ele e sua mulher são obrigados a parar em uma pequena hospedaria por causa de uma enchente. Vendo as péssimas condições do local, ele parte em busca de alimento para o povo, logo despertando a desconfiança de sua mulher, que não gosta que ele lute por dinheiro. Mesmo sem a conduta real de um samurai, é contratado para treinar as tropas do feudo local, despertando a inveja dos outros lutadores. Filmado após a morte de Akira Kurosawa, pelo seu fiel assistente de direção Takashi Koizumi. Um dos últimos roteiros do mestre oriental. Dia 02.

Férias de Verão com Côo, de Keiichi Hara. 2007, 16mm, 138 min. O filme conta a história de Koichi, um adolescente solitário que encontra um Kappa (criatura do folclore japonês) adormecido há mais de 200 anos. O bicho chamado Côo recebe muito amor da família de Koichi, mas algo sai errado e o mundo inteiro toma conhecimento da criatura. Férias de Verão com Côo recebeu diversos prêmios internacionais, além de muitas comparações ao trabalho do mestre Hayao Miyazaki (diretor de Castelo Animado e A Viagem de Chihiro. A direção de arte do filme é de Takashi Nakamura (que produziu cenários e foi animador-chefe no clássico Akira). Livre. Dia 03.

Gente Medrosa- Kowagaru Hitobito,1994, 118 min, de Makoto Wada. Dirigido pelo diretor Makoto Wada, o filme conta cinco histórias distintas, com diferentes elencos retratando de uma forma bem humorada e inusitada o tema central "Medo". Dias 20 e 28.

Hinokio, de Akiyama Takahiko. 2005, 16mm, 111 min. Iwamoto Satoru é um jovem menino que vive fechado para o mundo exterior. Traumatizado com a morte da mãe em um acidente, ele se fecha e recusa qualquer contato humano, somente saindo para comer o que seu pai, Kaoru, prepara para ele. Kaoru é um cientista que ajuda no desenvolvimento de robôs. Para ajudar o filho a se relacionar com o mundo externo, ele desenvolve um robô para ele. O robô vai à escola no lugar de Satoru. Lá as crianças apelidam o robô de Hinokio, por causa da semelhança com Pinóquio. Satoru se revolta quando toma conhecimento de rumores de que Hinokio é um protótipo feito para ser testado com propósitos militares. Satoru se rebela contra o pai e joga, ele mesmo, Hinokio em um cruzamento de linhas de trem. Dia 03

Honra de Samurai, de Yoji Yamada. 2006, 121 min. éltimo episódio da trilogia samurai iniciada com "Crepúsculo Seibei" (indicado ao Oscar na categoria Filme Estrangeiro) e "Kakashi Ken - Oni no Tsume" baseado também na obra do romancista Fujisawa Shuhei. Foi o maior sucesso comercial da produtora Shochiku. Samurai provador de veneno perde a visão após ingerir um molusco. Sua esposa lhe dá apoio, mas ele percebe que ela tem um caso com um capataz. Após divorciar-se e remoído de ciúme e sentimento de perda, ele propõe um duelo com o capataz. Dia 02.

O Amor de Nabbie, de Yuji Nakane (Nabbie no Koi, 1999), Cor, 16 mm, 92 min. Comédia sobre o amor apaixonado e acalentado durante 60 anos de uma, velha senhora, numa pequena ilha tropical ao largo de Okinawa. Dia 05

Oharu - Vida de uma cortesã , de Kenji Mizoguchi, 1952, P&B, 148 min. Baseado em romance de Saikaku Ihara, o filme conta a história da vida de Oharu, uma mulher que na juventude fazia parte da corte do imperador e que em virtude de um relacionamento acaba como pedinte e cortesã, já senhora. Dia 21.

O Sol Sempre se Põe na Terceira Rua, de Takashi Yamasaki, 2005, 132 min. Grande sucesso do cinema, baseado em romance homônimo. Registrou público de mais de dois milhões de espectadores no Japão, conquistando os mais importantes prêmios de cinema no país. Menina do interior emprega-se numa oficina de carros, acreditando que iria trabalhar numa grande empresa de automóveis. Mesmo desapontada, vai descobrindo a vida e o romantismo de uma Tóquio que se modernizava. O filme se passa em 1958, ano em que é construída a Torre de Tóquio,símbolo da cidade ainda hoje. Dias 19 e 27.

O Sol Sempre se Põe na Terceira Rua II, de Takashi Yamasaki. 2007, 146 min. Seqüência do primeiro, o filme mostra os talentos de direção e efeitos especiais de Takashi Yamazaki. O filme foi indicado em quase todas as categorias principais em 2008 do Japan Academy Awards. Dia 06.

Sonatine, de Takeshi Kitano (Sonachine, 1993), Cor, 16mm, 94 min. Murukawa, um dos tenentes-chefes da gangue de Kitajima, é um gangster extremamente violento, capaz de matar sem remorsos aqueles que não quitam suas dívidas. Mas os conflitos dentro da gangue, principalmente com o outro tenente-chefe, Takahashi, fazem com que Murukawa esteja cada vez mais cansado de sua vida como yakuza. Dia 07.

Swing Girls, de Yaguchi Shinobu. 2004, cor, 16mm, 105 min. Um grupo de uma escola secundária ao norte do Japão, que fica em recuperação em matemática no verão, busca alternativas que possam ser interessantes para passar o tempo. As adolescentes planejam criar uma banda instrumental e fogem das aulas todo o período. No entanto, as meninas parecem estar mais interessadas em diversão do que realmente em praticar. Dia 07.

Torre de Tóquio - Mamãe e eu, e às vezes papai, de Matsuoka Joji, 2007. Cor, 16 mm, 142 min. O filme alterna entre o passado, no qual Masaya narra sua história, e o presente, onde ele vê sua mãe morrer de câncer em um hospital. Dia 04.

Water Boys, de Shinobu Yaguchi. 2001, 91 min. Comédia. A equipe de natação masculina de uma escola andava desmotivada, quando chega uma nova e atrãnte professora com uma grande idéia: formar uma equipe de nado sincronizado com os meninos. Dias 21, 04 e 06.

  • Fonte:

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.