text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Saiba como utilizar a EAD para otimizar custos em sua universidade

      
A Educação a Distância como oportunidade de otimizar custos e gerar diferencial de mercado. Esse foi o tema de destaque do segundo dia de debates do IES Management – Fórum de Práticas e Gestão em Instituições de Ensino Superior, realizado nesta quinta-feira, 16 de junho. O evento que reúne gestores de universidades de diversas regiões do país acontece em São Paulo até o próximo dia 17.

 

» Siga o Universia Brasil no Twitter

 

O potencial da EAD foi destacado tanto pelo diretor geral da Universia Brasil Ricardo Fasti como pelo representante do Grupo Hoper Educacional João Vianney. De um lado a perspectiva da continuidade do crescimento do setor, que entre 2008 e 2009 foi de 15,33%. Do outro a diminuição dos custos da educação a distância em relação à presencial, que segundo Vianney pode chegar a 74%, como é o caso da ULBRA (Universidade Luterana do Brasil).

 

Ainda assim Fasti relacionou os ganhos da modalidade ao cuidado no planejamento da criação dos cursos a distância. "De nada adianta adaptar o conteúdo presencial para o ambiente virtual", enfatiza ele, que garante que está adaptação está fadada ao fracasso.

 

Não basta também investir em tecnologia. Até por que, segundo Fasti, a interação dos alunos nas aulas digitais não é com a máquina e, sim, com o conteúdo. "É preciso garantir a eficiência educacional para fazer com que a atividade não seja cansativa, tampouco desestimule os estudantes. A experiência precisa ser transformadora", garante. E para ele, mesmo que o contexto - virtual ou presencial - faça parte dessa experiência, ele não a define.

 

A eficiência da educação a distância está relacionada ainda à transformação do papel do professor, que, para Fasti, deixa de assumir o papel de controlador pelo papel de mediador. "Mudança que atinge também o processo didático-pedagógico, que deixa de ser unilateral e objetivista para ser construtivista. Diante da gama de conhecimento disponível na Internet é importante que professor e aluno construam o conhecimento juntos", explica o diretor da Universia Brasil.

 

Portanto, antes de tomar a decisão de investir na educação a distância, Fasti recomenda que as instituições de ensino avaliem se seus objetivos estão alinhados aos padrões da educação virtual. A partir daí entender o papel do aprendiz, redefinir o papel do mediador, utilizar a tecnologia como parte do contexto de aprendizagem, além de garantir transversalidade e contemporaneidade. O investimento também deve incluir tecnologia e profissionais qualificados para as mais variadas etapas da construção de uma educação a distância. "A partir de todos esses cuidados recupera-se o investimento a partir da escala e ganha-se diferencial competitivo com a qualidade", conclui Fasti.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.