text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Inmetro prevê futuras mudanças para o Enem

      
(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)

 

O debate sobre o futuro do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) realizado na quinta e sexta- feira passada (22 e 23), no auditório do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas) definiu algumas possíveis mudanças para o exame de 2012.

 

» Curso gratuito de preparação para o Enem está com as inscrições abertas
» MEC divulga o desempenho das escolas no Enem 2010
» Como o 11 de Setembro pode aparecer no seu vestibular e Enem

 

Durante a apresentação do tema ‘Propostas futuras para o Enem', o representante do Inmetro, Ricardo Boeira Ivanov, destacou a importância da certificação do Exame, desde a produção do edital, inscrição, elaboração de itens, produção gráfica, manuseio, distribuição até a aplicação das provas.

 

A certificação de todos os processos do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) foi uma tendência apresentada no segundo dia do encontro para a formação da Rede Nacional de Instituições Federais de Ensino Superior (IFES).

 

De acordo com o técnico, a tendência de certificar os três principais produtos do Enem (produção gráfica, o manuseio e a distribuição) é natural e trará mais qualidade, segurança, sigilo e credibilidade a todos os interessados no Exame, desde os participantes às instituições federais que o utilizam como vestibular.

 

Na edição 2011 do Enem, o Inmetro acompanhou, como observador pró-ativo, a produção gráfica, manuseio e distribuição de cadernos de provas. Órgão regulamentador e não certificador como muitos imaginam, o Inmetro faz a atestação formal da competência do organismo certificador e é o único instituto de acreditação existente no País.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.