text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Gordos e fumantes têm dificuldades para encontrar emprego

      
(Crédito: Lorelyn Medina / Shutterstock.com)
(Crédito: Lorelyn Medina / Shutterstock.com)

 

A segregação mais comum nas entrevistas de trabalho costumava ser relacionada à idade, sexo ou orientação sexual. No entanto, aos poucos, o peso da pessoa estaria aparecendo como ponto fundamental para a obtenção de emprego, promoções, salários mais altos e benefícios. No Brasil, o número de obesos já chega a 63 milhões de obesos.

 

» Homem bonito tem mais chance de emprego do que mulher bonita
» Como se redimir de uma entrevista de emprego desastrosa

 

Segundo a pesquisa realizada pela organização britânica Slimming World, dedicada à perda de peso, aqueles que estão acima do peso têm duas vezes mais chances de ganhar um salário baixo e sofrem quatro vezes mais desprezo do que os outros profissionais.

 

A análise, realizada entre 2000 profissionais, descobriu que os homens são mais relutantes em contratar uma pessoa com uns quilos extras. Um em cada quatro dos entrevistados disse que rejeitam um candidato por este fator, e um em cada 10 admitiram ter feito isso em alguma ocasião.

 

Especialistas em Políticas Públicas afirmam que a aparência é um gatilho para obter ou manter um emprego porque existe uma percepção de que os obesos ou os fumantes requerem maior número de incapacidade no trabalho ou aumentam o valor do seguro de vida. A confiança dos empresários também indica que estes estilos de vida limitam a capacidade física para desenvolver algumas tarefas.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.