Notícias

Saiba como o calor emitido pelos eletrônicos pode ser aproveitado no futuro

      
(Crédito: Your Lucky Photo/Shutterstock.com)
(Crédito: Your Lucky Photo/Shutterstock.com)

 

Cada um dos aparelhos eletrônicos da atualidade – de uma simples lâmpada a um laptop MacBook – deixa escapar uma fonte de calor preciosa para a humanidade. As companhias de luz pouco se importam, já que quanto mais energia se gasta, maior é o faturamento delas no final do mês.

 

» Gás carbônico foi o causador das extinções na Terra
» 6 dicas para ter novas ideias no ambiente de trabalho
» Ipad ajuda crianças com problema de visão

 

No entanto, há alguns pesquisadores investigando o que é possível fazer com o calor que é “desperdiçado” dos aparelhos enquanto eles estão em funcionamento. O grupo, do Instituto Politécnico de Rensselaer, na Austrália, está investigando um novo material que converte o calor em eletricidade.

 

Durante o experimento, eles misturaram nanopartículas de óxido de zinco com alumínio e esquentaram no micro-ondas por cerca de 3 minutos. A diferença de temperatura entre o zinco e o alumínio fez com que os elétrons começassem a liberar corrente elétrica.

 

Porém, como podemos usar esse tipo de tecnologia para produzir energia e ajudar o planeta? Veja a seguir oito invenções que podem ser criadas nos próximos anos para absorver o calor dos eletrônicos e transformá-lo em energia elétrica:

 

1) Tapete para computador

Os laptops continuam emitindo grande quantidade de calor, que poderia ser usado para gerar energia elétrica através de um tapete que absorveria toda a energia térmica que é dissipada do computador. O dispositivo também teria versões para celulares e iPods.

 

2) Aquecedor que acendesse as luzes

O calor liberado pelos aquecedores, usados principalmente nas regiões mais frias do mundo, poderia ser usado para gerar energia elétrica para algumas lâmpadas da casa ou do escritório.

 

3) Ar-condicionado que funciona com o calor

Durante as altas temperaturas, os aparelhos de ar-condicionado poderiam funcionar sozinho, sem necessidade de estarem conectados na tomada, somente absorvendo o calor ao seu redor e transformando-o em energia elétrica para fazer com que a bomba do aparelho leve ar frio para o interior do imóvel.

 

4) Carros inteligentes

Enquanto você dirige um veículo, a quantidade de calor que está sendo emitida é enorme, e muitas vezes o motor pode até aquecer além do recomendado somente por permanecer funcionando durante algum tempo. Uma maneira inteligente de utilizar este calor seria colocando coletores térmicos nos pistões e no restante do motor para que ele gerasse energia elétrica suficiente para alimentar os acessórios do carro, como o GPS, rádio, entre outros.

 

5) Carros movidos pelo calor do sol

A ideia deste veículo é semelhante ao exposto acima, no entanto ao invés de colocar os coletores térmicos no motor, este veículo seria equipado com material térmico na lataria, coletando todo o calor vindo do sol em um dia quente, que poderia ser usado para ligar, por exemplo, o ar-condicionado ou o rádio do carro.

 

6) Relógios de pulso movidos pelo corpo humano

Os relógios de pulso do futuro poderão contar com um material térmico capaz de absorver a energia do corpo humano e usá-la para fazer funcionar o relógio de maneira constante, sem necessidade de troca da bateria em nenhum momento.

 

7) Comida que alimenta a lava-louças

No futuro, as lava-louças estariam equipadas com coletores de calor ligados ao fogão e ao forno para coletar a energia térmica produzida por estes eletrodomésticos e transformá-la em energia elétrica para fazer funcionar a lava-louças após as refeições.

 

8) Roupas que mudam de temperatura

Essa invenção já começou a ser explorada por Kranthi Vistakula, aluno graduado no Massachusetts Institute of Technology (MIT) que desenvolveu uma roupa capaz de mudar sua temperatura de acordo com as condições climáticas. Estas roupas são capazes de armazenar energia durante período de calor e usá-las para aquecer o corpo durante uma mudança drástica de temperatura no ambiente.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.