text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Bocejos contagiam mais os familiares

      
(Crédito: Victor Newman / Shutterstock.com)
(Crédito: Victor Newman / Shutterstock.com)

 

Você não precisa nem estar com sono, mas é só ver uma pessoa bocejando que a vontade de bocejar é inevitável. Certo? Que o bocejo é contagioso todo mundo já sabe. Mas um novo estudo da Universidade de Pisa, na Itália, sugere que as pessoas têm mais probabilidade de bocejar quando isso é reflexo de um familiar próximo.

 

» Estudo mostra que bocejar serve para esfriar a cabeça
» Estudo mostra que professores bonitos ganham mais que os feios
» Pesquisa revela: Fazer dieta reduz o risco de câncer de mama

 

Segundo o estudo publicado na revista PloS One, a reação é mais forte ao bocejo de um familiar do que de um amigo ou desconhecido.

 

Os pesquisadores italianos observaram 109 homens e mulheres de várias nacionalidades durante as suas atividades diárias e registraram as vezes em que foram produzidos bocejos contagiosos.

 

O estudo concluiu que o bocejo contagioso era mais provável de acontecer entre membros da família, depois com amigos e menos prováveis ainda entre simples “conhecidos” e estranhos.

 

Os pesquisadores observaram ainda, que o tempo entre o bocejo e a resposta de imitação foi maior entre conhecidos e estranhos do que entre os familiares. Isso demonstra que o “contágio” de bocejos é gerado pela proximidade emocional entre indivíduos e não por outras variáveis como gênero e nacionalidade

 

O ato de bocejar sempre foi considerado “contagioso”, já que quando alguém boceja em um grupo, as pessoas que estão ao seu redor também fazem isso de forma involuntária. E além disso, essa reação, frequente em aproximadamente metade da população, não é exclusiva dos humanos. Alguns animais, como os chimpanzés também reagem aos bocejos alheios.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.