Notícias

Câncer pode provocar problemas de memória mesmo sem tratamento de quimioterapia

      
(Crédito: Lightspring / Shutterstock.com)
(Crédito: Lightspring / Shutterstock.com)

 

Segundo uma pesquisa feita no Canadá, as mulheres que já tiveram câncer de mama costumam apresentar pequenos problemas de memória depois de alguns anos do tratamento.

 

» Dicas de Feng Shui para ajudar a aliviar estresse
» Campanha de conscientização sobre o câncer de mama tem heroínas fazendo auto exame
» 9 mitos sobre o cérebro que a ciência desmascarou

 

O estudo revelou que as mulheres costumam apresentar perda de memória durante e depois do tratamento com quimioterapia. No entanto, ainda não se sabe se a perda de memória é causada pela doença, pelo tratamento ou por algum outro fator.

 

Durante os testes, os pesquisadores procuraram aplicar cinco tipos de exames diferentes em mulheres que tiveram câncer no passado. O mesmo teste foi feito também em mulheres que nunca tiveram a doença.

 

Após analisar o resultado, os pesquisadores descobriram que um dos motivos da perda de memória nas mulheres pode ser o câncer de mama, porém ainda não se sabe se o tratamento com radiação ou quimioterapia pode estar relacionado.

 

De acordo com a neuropsicóloga canadense Barbara Collins, ainda é cedo para afirmar qual a causa principal da perda de memória em pacientes com câncer de mama. Segundo ela, há diversos casos em que os pacientes não notaram a perda e continuam tendo uma vida normal.

 

Collins também explica que em nenhum momento o tratamento contra o câncer deve ser parado para evitar a perda de memória. A neuropsicóloga afirma que o ideal a fazer é procurar um médico e discutir possibilidades de amenização da perda de memória pelos pacientes.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.