text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como reduzir a insegurança e a aumentar a confiança

      
(Crédito: D Czarnota / Shutterstock.com)
(Crédito: D Czarnota / Shutterstock.com)

 

Algumas vezes na vida, você pode conseguir exatamente o que esperava. Em nenhum lugar isso é mais verdadeiro do que nas relações sociais. Quando conhecemos alguém e esperamos gostar desse pessoa, seja por qualquer motivo, ela tende a gostar de nós também. Se sentimos apreensão ou antipatia, as coisas podem rapidamente dar errado.


 

» 5 maneiras de reduzir o estresse e a ansiedade
» Vídeo: 6 dicas para controlar a ansiedade
» Fotos: 14 dicas e truques para superar a ansiedade e o medo

 


Os psicólogos chamam esse fenômeno de profecia da aceitação. O problema é que parapessoas inseguras ou nervosas esse fato se torna uma profecia de rejeição. O sentimento de apreensão que se sente quando conhecemos alguém novo é captado como um comportamento nervoso e pode levar a rejeição.



Porém, um novo estudo divulgado pela publicação Psychological Science fornece um exercício simples que pode ajudá-lo a impulsionar sua segurança nos relacionamentos e reverter a profecia da rejeição em profecia da aceitação.

 

Confira a seguir como reduzir a ansiedade e a aumentar a confiança:

 

Os pesquisadores mediram a segurança relacional de 117 participantes perguntando a eles o quanto concordavam com frases como: "Meus amigos me consideram muito importante em suas vidas" ou "Meu parceiro me ama e aceita incondicionalmente".

 

Posteriormente, metade do grupo foi convocada para realizar uma simples tarefa de auto-afirmação. Os participantes deveriam listar em ordem de importância itens como: espontaneidade, criatividade, amigos e familiares, atratividade pessoal e depois escrever dois parágrafos explicando por que o item era tão importante.

 

Os resultados mostraram que a simples tarefa de auto-afirmação aumentou consideravelmente a segurança relacional dos indivíduos inseguros em comparação com o grupo de controle. Posteriormente, seus comportamentos foram vistos como menos nervosos e eles relataram que se sentiam mais seguros. Esses resultados persistiram aparentes até oito semanas depois do teste.

 

Aparentemente uma simples tarefa como essa pode ser suficiente para aumentar a confiança pessoal de pessoas inseguras.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.