text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Pesquisa revela: Verdades amargas sobre o açúcar

      
(Crédito: Liza 1979 / Shutterstock.com)
(Crédito: Liza 1979 / Shutterstock.com)

 

Robert Lustig, neuroendocrinologista e pesquisador de pediatria clínica da Divisão de Endocrinologia da Universidade da Califórnia, em São Francisco, está fazendo sucesso na internet com seu vídeo “Sugar: The Bitter Truth”. O professor argumenta que a frutose (em excesso) e as fibras (insuficientes) são os pilares da atual obesidade epidêmica, através de seus efeitos sobre a insulina.

 

» Pesquisa revela: Tamanho do cérebro é proporcional à gordura corporal
» O que traz mais energia? O açúcar ou a gordura?
» Alimentos com gordura possuem substância química similar a maconha

 

Lustig diz que, o alto consumo de açucares, especialmente a frutose, encontrados em alimentos pré cozidos, refrigerantes e doces, envolve não só o consumo de “calorias vazias”, que nos fazem engordar, mas também altera o metabolismo e sinais hormonais, aumenta a pressão arterial e prejudica diretamente o fígado.

 

Se levarmos em conta que o consumo mundial de açúcar triplicou nos últimos 50 anos, pode-se entender por que Lustig defende o consumo controlado do açúcar, como forma de proteger a saúde pública. “A toxidade do açúcar vai muito mais além do que as calorias que contém”, afirma o pesquisador, considerado o “inimigo nº 1” do açúcar.

 

 

Confira o vídeo:

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.