text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Pessoas casadas ficam menos doentes, diz pesquisa

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Segundo estudo da Universidade de Granada, na Espanha, a renda per capita dos indivíduos atua como um fator de proteção para doenças crônicas. Ser casado, ter um elevado nível socioeconômico e estar empregado são fatores importantes na proteção contra doenças.

 

» Pesquisa revela: casar reduz risco de demência
» Conheça o cenário do casamento de William e Kate
» 8 curiosidades sobre o casamento real; Veja vídeo da festa

 

Os pesquisadores da Universidade descobriram que a renda individual de uma pessoa está positivamente associada com o seu estado de saúde. Da mesma forma, o nível de escolaridade está associado estatisticamente com a ausência de doença: uma melhor instrução, resulta em uma saúde melhor.

 

Para realizar este estudo, os autores usaram dados de duas pesquisas: a Pesquisa de Condições de Vida 2007, elaborada pelo Instituto Nacional de Estatística e Banco de Dados Longitudinal de 2001, elaborado pela Instituto Superior de Estatística e mapeamento de Andaluzia e do Conselho Nacional de Pesquisa da Espanha.

 

Além disso, os resultados deste teste salientam a importância da família para explicar as variações individuais do estado de saúde de uma pessoa. Assim, mais de 30% da variação do estado de saúde é devido ao ambiente familiar. O capital social é outro fator protetor contra a doença, mas apenas no caso das mulheres.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.