text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Câncer de mama é menos provável em mulheres com empregos estressantes

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Muitas pesquisas mostram que grande parte das mulheres que sobrevivem ao câncer acredita que a doença foi causada por conta do estresse.


Pesquisadores canadenses e americanos realizaram diferentes estudos com sobreviventes do câncer de mama, ovário e do colo do útero que haviam se recuperado há, no mínimo, dois anos. Entre 42% e 63% das mulheres contou que acreditavam que sua doença fora causada pelo estresse, e entre 60% e 94% acreditavam que haviam sido curadas por causa de suas atitudes positivas.

 

» Mulheres que se exercitam pouco têm maior risco de doenças
» Estresse pode impedir a cura de doenças físicas
» Vírus podem ser a cura para o câncer

 

Nesses estudos, mais mulheres acreditavam que sua doença havia se desenvolvido por conta do estresse do que qualquer outra possível influência, incluindo predisposição genética e fatores ambientais, como hábitos alimentares ou práticas de exercícios.

 

No entanto, em uma análise de diferentes pesquisas os resultados contradizem a crença popular de que há ligações entre uma rotina estressante e o desenvolvimento de câncer. Grande parte dos estudos não revelou conexões entre estresse ou emoções e a doença.

 

Em um estudo sobre estresse no trabalho, 38 mil enfermeiras norte-americanas foram acompanhadas durante oito anos, entre 1992 e 2000. Os pesquisadores observaram um risco de 17% menos chances do desenvolvimento de câncer entre mulheres que experimentavam níveis maiores de estresse se comparadas com enfermeiras que possuíam menos estresse em seus empregos.

 

Em outra pesquisa, realizada em Copenhangen, na Dinamarca, 6.689 mulheres foram acompanhadas por mais de 16 anos. Os cientistas descobriram que as participantes que relataram níveis maiores de estresse tinham 40% menos chances de desenvolver câncer de mama do que as que viviam vidas menos estressantes.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.