Notícias

Por que é tão difícil detectar mentiras?

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Mais de 200 estudos se pautaram na detecção de mentiras e a taxa de sucesso foi de apenas 54%, sendo que 50% já são garantidos pela probabilidade simples de acertar ou não. Então por que será que é tão difícil perceber mentiras? Uma pesquisa divulgada em 2011 pela Associação Americana de Psicologia tenta responder a esta pergunta.

 

» 5 mitos que você sempre acreditou e são mentiras
» 3 Mentiras que os empresários dizem a si mesmos
» Você sabia que o seu nariz pode crescer com mentiras?

 

Foi descoberto que, enquanto tentam detectar uma mentira, as pessoas prestam atenção aos sinais corretos, como por exemplo:

 

Imediatismo vocal: quando alguém responde muito direta e vagamente às questões.

 

Indiferença: se a pessoa parece indiferente, é provável que ela esteja mentindo. Provavelmente para parecer tranquila com a situação.

 

Pensar de mais: mentir não é fácil, requer pensar em inúmeros fatos e possibilidades. Por isso, se a pessoa estiver pensando de mais, é provável que ela esteja mentindo.

 

Falta de cooperação: obviamente, quando alguém não está cooperando com as informações, é porque ela quer esconder algo.

 

Embora as pessoas analisem as pistas corretas, ainda falta algumas. Por exemplo, olhar para o nada ou ficar mexendo compulsivamente em algo também denuncia uma possível mentira. Mas por que, mesmo sabendo os sinais principais, ainda não somos bons em detectar mentiras?

 

O que a pesquisa sugere é que, mesmo usando as pistas corretas, é difícil porque estas próprias evidências são ambíguas. Por exemplo, a pessoa pode não estar cooperando porque está cansada, ou pode parecer indiferente porque, de fato, não liga para o assunto, ou parou para pensar porque queria contar o mais veridicamente possível.

 

 

O melhor detector

Considerando tudo o que foi dito, qual é a melhor forma de detectar uma mentira? Infelizmente, não há. O que se pode fazer, no entanto, é investir nessas pistas. Por exemplo, colocando mais pressão sob a pessoa. Uma forma é fazer as pessoas contarem a história de trás para frente. Desta maneira, as evidências ficam mais claras e você tem mais chance de detectá-las.

 

O mais aconselhável, no entanto, é que você confie em seus instintos. Em geral, as pessoas percebem mais mentiras quando confiam no sexto sentido do que quando analisam aspectos específicos.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.