text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Estudante é presa por faltar demais na escola

      
(Crédito: Shutterstock.com)
(Crédito: Shutterstock.com)

 

Diane Tran, uma estudante de 17 anos do Texas, nos Estados Unidos, precisou passar uma noite na cadeia após ultrapassar o limite de faltas imposto pela legislação local. No estado norte-americano, os alunos não podem faltar mais de dez vezes em seis meses sem uma justificativa. No caso de Diane, o fato de ter dois empregos não convenceu o juiz que cuidou do caso.

 




» Diretora de escola é acusada de criar perfil falso no Facebook para investigar alunos
» Professores e alunos: racismo na escola
» Negros e latinos recebem menos críticas dos professores, diz estudo

 

De acordo com a imprensa local, a garota trabalha cerca de 14 horas por dia para ajudar a criar os dois irmãos menores e por causa do cansaço faltou às aulas. No entanto, mesmo com o reduzido tempo para os estudos, Diane coleciona boas notas, ressaltam as publicações.

 

Após ser alertada sobre as faltas em abril, Diane foi presa na última quarta-feira (23) depois de faltar mais uma vez, precisando pagar também uma multa de 100 dólares. O juiz, Lanny Moriarty, justificou sua decisão: "Se você alivia para um, o que faremos com o resto? Aliviar para eles também?". Uma petição online no site Change.org, assinada por mais de 26 mil pessoas, pede que o juiz reverta a decisão.

 

Em uma entrevista ao KHOU-11, Diane contou que faz aulas extras de espanhol, álgebra, inglês, além de cursos de História. Os pais da garota se divorciaram há alguns anos. A mãe se mudou para outro estado e, devido aos horários de trabalho do pai, ela e os irmãos vivem com a família dona do bufê de casamento para o qual ela trabalha aos finais de semana.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.