text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Montando um grupo de estudos

      
Um dos segredos é procurar que o grupo seja heterogêneo
Um dos segredos é procurar que o grupo seja heterogêneo  |  Fonte: iStock
  • Por mais que você tenha um bom esquema de estudos e se sinta à vontade estudando sozinho, contar com outras pessoas pode ser útil em alguns casos.

  • No entanto, formar um bom grupo de estudos vai muito além de escolher algumas pessoas aleatoriamente.

  • A ideia de um grupo de estudos é compartilhar o entendimento, portanto o ideal é que o seu grupo de estudos tenha variedade de habilidades e talentos. 

Qual a vantagem de estudar com pessoas que entendam os mesmos assuntos que você e tenham as mesmas dúvidas?

Procure pessoas com perfis diferentes. Se você é uma pessoa crítica e analítica, por exemplo, não precisa de mais um desses no seu grupo ou transformará os estudos num campo de batalha. Procure por pessoas boas em tomar notas, pessoas criativas e aquelas capazes de identificar várias faces de um problema. Confira algumas dicas para formar um grupo de estudos eficiente para todos os participantes:


1. Limite os participantes

O ideal para um grupo de estudos são três a seis participantes com perfis variados. Embora você queira adicionar mais pessoas no seu grupo, lembre-se de que muitas vozes acabam gerando confusão.


2. Crie grupos diferentes

Se você tiver mais pessoas interessadas em participar da sua iniciativa, divida-as em grupos diferentes e alterne a participação dos membros. Dessa maneira, todos terão a oportunidade de estudarem juntos e desenvolverem novas habilidades.


3. Amplie suas opções

Fazer parte de um grupo de estudos não significa estudar apenas com os seus amigos. Embora eles possam parecer mais inclinados a aceitar sua sugestão, escolha pessoas diferentes da sua sala, mesmo aquelas com quem você não tem muito contato. Isso pode, inclusive, render novas amizades.


4. Reuniões regulares

Dizer que faz parte de um grupo de estudos e encontrar-se com seus colegas apenas dois dias antes da prova não é exatamente a proposta. O ideal é que vocês criem um cronograma com reuniões regulares, em dias e horários pré-definidos. Dessa maneira você e seus colegas criam o hábito de estudar e a matéria não fica acumulada.


5. Tenha um nome

Para encorajar a participação de todos os membros uma boa ideia pode ser dar um nome ao grupo. Isso faz com que vocês tenham uma identidade e se sintam pertencentes à uma iniciativa com propósito.


6. Conheça os perfis

Logo no primeiro encontro com os colegas, incentive cada um deles – e faça isso você também – a falar sobre quais são os seus pontos fracos e fortes. Dessa maneira cada um saberá em que pode ajudar no grupo e que tipo de ajuda pode receber – e de quem!


7. Escolha os moderadores

Quando forem discutir sobre um assunto, defina moderadores que entendem sobre o assunto para guiar a discussão. Isso não quer dizer que ele deve falar enquanto os outros integrantes escutam, mas sim que ele pode oferecer os tópicos mais importantes sobre aquele tema.


8. Preveja as questões

No final de um tema, faça uma reunião com o grupo e crie uma lista com as possíveis questões que o professor fará sobre o tema. Depois disso façam testes um com o outro, para verificar se alguma coisa ficou para trás.


9. Crie prêmios

Faça uma espécie de prêmios para os estudantes que se saírem melhor – ou os que tiverem as melhores ideias. Todos gostam de reconhecimento e ganhar um prêmio, mesmo que seja uma barra de chocolate, vai incentivar os seus colegas.


10. Verifique a frequência

Encontre um método de controlar a frequência dos seus colegas, para que nenhum de vocês fique em falta com os outros – ou com o aprendizado. Uma boa dica é pedir a ajuda de um professor para organizar esse método.

GRUPOS DE WHATSAPP

Como em qualquer outro grupo do aplicativo, é preciso estabelecer um administrador, ou mais de um, para dirigir o grupo, mediar as conversas, assim como divulgar e relembrar as regras sempre que necessário. O objetivo do grupo de estudos no WhatsApp é que os seus membros possam trocar mensagens de onde estiverem, sem necessidade do contato presencial, além de atingir o maior número de colegas, facilitar o acesso às informações e promover uma interação mais dinâmica.

Entre os vestibulandos, essa já é uma prática comum. É possível encontrar grupos formados por estudantes que fazem parte do mesmo colégio, cursinho, sala de aula e até de diferentes regiões do país que se unem para ensinar e aprender uns com os outros. Portanto, veja neste post como usar ogrupo de estudos no Whatsapp a seu favor, sem perder o foco e tornando-o eficiente nos estudos para o vestibular.

Não perca o foco inicial do grupo

Estudar para o vestibular requer muitas horas de dedicação aos livros e ao conteúdo das provas. São diversas disciplinas, por isso, manter o foco é essencial para não perder tempo com a grande quantidade de estímulos à distração que estão à mão por meio dos alertas no celular.

Se a tecnologia contribui para a criação do grupo de estudos no WhatsApp, ela também pode atrapalhar porque, com o celular sempre acessível, fica mais tentador checar as redes sociais e e-mails. Portanto, durante o período de estudos, deixe o telefone no modo silencioso para não desviar a atenção a cada alerta e tenha bastante cuidado com o tempo que irá dedicar ao aparelho.

O ideal é criar uma rotina de estudos organizada, em que alguns minutos sejam dedicados a checar as mensagens do grupo e fazer anotações do conteúdo compartilhado, em seguida retornando aos estudos nos livros e deixando de lado o celular.

Defina e compartilhe as regras do grupo de estudos no WhatsApp

O funcionamento eficiente dos grupos no aplicativo só pode acontecer quando os membros estão dispostos a cumprir as regras. O administrador deve escrever as normas e compartilhá-las assim que adicionar todos os membros para que eles vejam e cumpram com os acordos.

As regras devem ser claras, bem explicadas e conter restrições quanto a conversas paralelas, quando somente duas ou três pessoas falam de um assunto que só interessa a elas, por exemplo, ou brincadeiras e piadas que não agregam nada ao objetivo do grupo, além de inserção de temas que não têm relação com as matérias exigidas para o vestibular.

Determinar que o não cumprimento dessas normas implicará na exclusão do participante é uma ação que deve ser incluída e praticada, a fim de deixar no grupo somente os membros que tenham interesse real e levem a sério os estudos.

Promova discussões de temas relacionados às matérias

Sabemos o quanto é tentador comemorar a vitória do time de futebol ou comentar sobre as intenções de alguns políticos, especialmente em um grupo onde as pessoas são consideradas como amigas por se falarem todos os dias. Mas, para um grupo de estudos no WhatsApp, é melhor deixar de lado esses assuntos, pois eles podem gerar diversas mensagens e acabar desviando o foco.

Procure estabelecer discussões mais produtivas, que podem aperfeiçoar o aprendizado em alguma matéria, como, por exemplo, propor a solução de um problema matemático ou comentar algum acontecimento histórico que tenha gerado dúvida sobre quando ou como aconteceu, para que todos os colegas possam contribuir com conhecimento e compartilhar as fontes de estudos que comprovem suas versões dos fatos.

Use áudios, vídeos e imagens para promover aprendizado

As facilidades tecnológicas são inúmeras e, especialmente para os jovens, é muito mais fácil assimilar informações em forma de áudios, vídeos ou imagens, por isso, é muito vantajoso receber conteúdo relacionado às matérias nesses formatos.

No entanto, o perigo está no excesso de utilização dessas ferramentas ou no seu uso indevido, como envio de imagens de "bom dia" e assuntos não relacionados ao tema do vestibular. Alguns participantes abusam de áudios e vídeos extensos e cansativos, que têm pouco valor ou novidade de conteúdo.

Além disso, são arquivos que pesam e ocupam bastante espaço no celular, sendo preciso considerar que os colegas podem não gostar de encher a memória do telefone com essas informações. Nesse caso, pode ser mais interessante compartilhar um link com o mesmo tipo de conteúdo e, assim, cada participante pode decidir se deseja abrir o link, segundo seu roteiro de estudo.

Não compartilhe notícias falsas

Os estudantes podem usar o grupo de estudos no WhatsApp para trocar informações sobre os vestibulares que estão acontecendo, quais as melhores Universidades, prazos para inscrições ou, ainda, opções de bolsas de estudos. No entanto, é preciso ter muita cautela com as informações que serão distribuídas.

Antes de enviar a mensagem, faça uma rápida pesquisa no Google para checar a fonte da sua informação, tendo o cuidado de analisar a data da notícia e se certificar de que é segura e confiável. Suspeite de mensagens que foram encaminhadas em diversos grupos e que não possuem data e nem de onde são os dados mencionados. Essa é uma boa prática para não poluir o grupo com falsas mensagens e nem confundir os colegas.

Estudar em grupo e dividir o conhecimento com outras pessoas sempre foi uma estratégia muito eficiente para alcançar bons resultados nos estudos, especialmente ao se tratar da conquista do vestibular.

A tecnologia a favor dessa conquista será cada vez mais utilizada pelos jovens da nova geração, por isso, participar de um grupo de estudos no WhatsApp seguindo essas dicas contribuirá para o sucesso no vestibular.

Se você quer mais dicas sobre grupo de estudos no WhatsApp e como obter bons resultados no vestibular, entre outros assuntos desse universo, siga nossas redes sociais! Estamos no Facebook, Instagram, Linkedin e no Twitter.

 

FERRAMENTAS ONLINE QUE AJUDAM A ORGANIZAR OS GRUPOS DE ESTUDOS:

1. DROPBOX

Trata-se de uma ferramenta de armazenamento e compartilhamento de arquivos, imagens e vídeos baseado no conceito de computação em nuvem. Os arquivos salvos na sua conta do Dropbox podem ser acessados a partir de qualquer lugar com acesso a internet e você pode compartilhá-los com os demais integrantes do grupo de maneira rápida e eficiente.
 

2. YAHOO! CALENDAR

A melhor característica da ferramenta é a compatibilidade com a rotina dos estudantes. Tudo o que você precisa para ter acesso a ela é um e-mail do Yahoo! A partir daí você poderá definir um calendário que será enviado a você e quaisquer outros integrantes do grupo por meio de IMs (programa de mensagens do próprio Yahoo!), ou mensagens de texto, como lembretes.
 

3. MEETING WIZARD

Conciliar as rotinas de todos os integrantes do grupo pode ser uma tarefa complicada. O Meeting Wizard faz com que o processo seja mais simples. Para isso, basta que você digite os endereços de e-mails de todos os seus colegas de grupo e a ferramenta vai gerar uma lista de possíveis horários para reuniões. O assistente enviará e-mails a cada um dos membros, pedindo que eles escolham o horário mais acessível e apresentará um relatório. Depois, basta selecionar o melhor horário com base nas respostas dos seus colegas e discutir o trabalho a ser realizado.
 

4. GOOGLE DOCS

A ferramenta é um processador de palavras e planilhas grátis e baseado na web. Com ela, você pode compartilhar e modificar diversos documentos online. Cada membro incluído pode visualizar, alterar ou editar um documento do grupo, de modo que a ferramenta acompanha e relata todas as mudanças feitas. 

 

DICAS MOTIVACIONAIS 

1. FALE SOBRE OS OBJETIVOS

Tenha uma discussão aberta com os seus colegas para definir quais objetivos cada um de vocês pretende alcançar. Além disso, é importante definir também uma lista de objetivos comuns, para que todos se dediquem às mesmas coisas.
 

2. NÃO JULGUE AS NECESSIDADES DOS SEUS COLEGAS

Você precisa entender que as necessidades de cada um dos integrantes do seu grupo são diferentes. Por mais bobas ou desnecessárias que elas pareçam, não julgue. Seja compreensivo e paciente; pense que as suas carências também podem parecer bobas para os seus colegas.
 

3. NÃO EXCLUA NINGUÉM

Nenhuma ideia deve ser ignorada antes de uma discussão. Procure deixar espaço para que todos os seus colegas façam sugestões e críticas e não decida nada sozinho.
 

4. APONTE OS PONTOS FORTES

Cada integrante do seu grupo tem uma coisa na qual é realmente talentoso. Se um deles é um fiasco em matemática, por exemplo, pode ser um ótimo instrutor em matérias relacionadas a humanas, como história ou geografia. Identifique os pontos fortes de cada um dos integrantes – incluindo os seus – e aponte-os para todos os integrantes do grupo.
 

5. APROVEITE OS PONTOS FORTES

Depois que cada um dos seus colegas tiver conhecido as suas qualidades e as dos outros membros do grupo, aproveite isso na rotina de estudos. Coloque os melhores em cada matéria para ajudar aqueles que têm dificuldades.
 

6. PEÇA COMPROMETIMENTO

Seja honesto com os seus colegas, diga o que você espera do grupo e de cada um deles. Cobre comprometimento com os estudos e com a rotina estabelecida e sinta-se a vontade para dizer – ou ouvir! – quando algo estiver errado. Finalmente, peça a eles que se comportem da mesma maneira.
 

7. TENHA UM ACORDO FORMAL

Pode parecer um exagero, mas se você percebe que o grupo de estudos não está sendo levado a sério pelos seus colegas, uma saída é assinar um acordo formal. Escreva em um papel cada um dos objetivos estabelecidos pelo grupo e todos os detalhes, como dias e horários em que se reúnem, etc. Peça que todos os seus colegas assinem isso e lembre-os do compromisso.
 

8. DÊ BONS EXEMPLOS

Você não pode cobrar nada de ninguém se não pratica essas coisas. Ou seja, para motivar os seus amigos num grupo de estudos você precisa dar os bons exemplos. Comprometa-se com a atividade e dessa maneira seus colegas se espelharão em você.
 

9. MOSTRE QUE VOCÊ APRECIA O COMPROMETIMENTO DELES

Se algum dos seus colegas faz um bom trabalho ensinando outra pessoa ou alcança uma boa nota em uma matéria na qual tinha dificuldade antes de entrar no grupo, conte isso aos outros. Mostre aos seus amigos que você se importa com o progresso deles. Todas as pessoas querem ser reconhecidas por um trabalho bem feito.

ATENÇÃO COM ESSES DETALHES:

Criar um grupo de estudos pode ser uma ótima maneira de aprender o conteúdo das aulas. Muitas vezes um amigo seu, por exemplo, pode explicar uma matéria de uma forma mais simples que o seu professor e, assim, fazer com que você a entenda. Mas, para que um grupo de estudos seja realmente eficiente é preciso prestar atenção a alguns detalhes. Veja quais são eles:

1 – ESCOLHA PESSOAS EM QUEM VOCÊ CONFIA

Forme um grupo de estudos com pessoas que você sabe que estão realmente dispostas a aprender. Evite convidar pessoas que vão tirar o foco do grupo, porque isso prejudicará o aprendizado.
 

2 – TODOS TÊM QUE COLABORAR

Num grupo de estudos todos têm algo a aprender e ensinar, ou seja, todos podem compartilhar conteúdos, ideias e explicações.
 

3 – DISCIPLINA

O grupo deve ter disciplina e respeitar as datas e horários marcados para os encontros, caso contrário os estudos serão pouco proveitosos.
 

4 – MATÉRIAS A SEREM ESTUDADAS

O grupo deve pré-estabelecer quais disciplinas serão estudadas a cada encontro e se aprofundar nelas. Se for necessário, montem um cronograma de estudos e já deixem agendado o conteúdo que será revisado a cada reunião. Assim vocês não perdem tempo e aproveitam ao máximo o encontro.
 

5 – MANTENHA O FOCO

Por mais que você esteja com os seus amigos, não deixe que a desordem tome conta do encontro: é essencial que todos os membros do grupo tenham a consciência de que estão ali para estudar e levem a sério o grupo. É claro que brincadeiras podem acontecer, só tome cuidado para não deixar que elas dominem todo o grupo.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.