Notícias

4 técnicas de estudo estranhas que geram bons resultados

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Pode parecer má vontade dos estudantes, mas só quem passa por isso entende como pode ser difícil assimilar um conteúdo complexo ou mesmo entediante. É comum, inclusive, encontrar alunos recorrendo às técnicas mais inusitadas para resolver esse problema.

 

» Planeje os estudos e aumente suas notas
» 10 dicas para ser ultra-produtivo no trabalho ou estudos
» 9 dicas para motivar seu grupo de estudos

 

A necessidade de entender e memorizar o conteúdo leva os estudantes a procurar as técnicas mais absurdas, mas será que elas realmente funcionam? Confira a seguir 4 técnicas consideradas esquisitas, mas que têm o poder de ajudar na memorização e compreensão de conceitos acadêmicos:

 

 

Técnicas de estudo estranhas que geram bons resultados: 1. Exagerar conceitos

Essa técnica consiste em exagerar a ideia-chave de um texto até o ponto em que seja fácil lembrá-la especialmente pela sua exclusividade. Imagine, por exemplo, que você precise lembrar-se do nome de um nobre barão do século XIX que morreu com um tiro. Para manter essa ideia fixa na sua memória você poderia imaginar, por exemplo, que o nobre morreu com um tiro de canhão ou mesmo por uma bala gigante, de mais de um metro de diâmetro. Desta maneira seu cérebro cria uma singularidade irreal e exagerada que fica “presa” na sua mente por mais tempo.

 

 

Técnicas de estudo estranhas que geram bons resultados: 2. Associar palavras e conceitos

A técnica da associação sugere que o estudante estabeleça conexões entre ideias, conceitos e palavras que devam ser memorizados. Por exemplo, ligar a cor de uma bandeira com a sua cor favorita, ou buscar semelhanças entre personagens históricos e pessoas próximas a você.
A técnica também permite associar conceitos distintos de uma só vez. Imagine que você está lendo um texto relacionado com a evolução da tecnologia e, por outro lado, tem uma prova de história sobre a I Guerra Mundial; para memorizar os dois conceitos é possível criar uma história paralela à evolução do armamento e da tecnologia e como isso influenciou o conflito armado.

 

 

Técnicas de estudo estranhas que geram bons resultados: 3. Criar um contexto de estudos

Uma boa técnica para recordar os conceitos-chave de uma matéria é estudá-la em voz alta e quando aparecerem informações que você não pode deixar de fora, marcá-las por um gesto incomum. Por exemplo, se você pretende lembrar que uma das causas da hipertensão é o cigarro, toda vez que repetir essa informação em voz alta imite o gesto de um fumante com o seu cigarro. Mais tarde, quando você precisar dessa informação, você verá a si mesmo levando as mãos à boca de forma inconsciente e não vai sequer precisar se esforçar para lembrar o que aquilo significa. Talvez os seus colegas achem você um pouco estranho, mas uma nota alta pode compensar o problema.

 

 

Técnicas de estudo estranhas que geram bons resultados: 4. Transformar a matéria em música

Embora a técnica seja bastante conhecida para recordar fórmulas e elementos químicos, poucos estudantes tentam aplicá-las a outras matérias. Mas se funciona para matemática ou química, por que não funcionaria com biologia ou português, por exemplo? Sente-se em frente ao texto que você não consegue entender e transforme-o em uma música – de preferência aquelas chatas, que grudam na cabeça. Na hora da prova você vai cantar a música e lembrar dos conceitos contidos nela.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.