Notícias

Transplante de células-tronco pode restaurar sua memória, aponta estudo

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Cientistas da Universidade de Wisconsin-Madison, nos Estados Unidos, conseguiram transformar células-tronco embrionárias humanas em neurônios que podem recuperar a capacidade de memorização e aprendizagem. O experimento, que foi realizado em ratos, é o primeiro passo para implementar estas células-tronco no cérebro humano para o tratamento de doenças neurológicas.

 

Leia também:
» Como usar sua memória como Sherlock Holmes
» 4 dicas para melhorar a capacidade da sua memória
» Rabiscar aumenta memória e concentração, aponta estudo

 

No estudo publicado na revista Nature Biotechnology, as células-tronco implantadas no cérebro dos ratos conseguiram formar dois tipos de neurônios que se comunicam por meio do ácido gama-aminobutírico (GABA) e da acetilcolina. Essas duas classes de neurônios estão envolvidas em muitos aspectos do comportamento humano, como por exemplo, emoções, aprendizagem, memória, vício e transtornos psiquiátricos.

 

De acordo com Su-Chun Zhang, responsável pela pesquisa, as células-tronco embrionárias utilizadas na pesquisa foram cultivadas em laboratório. Após o transplante, os ratos que pertenciam a uma linhagem especial, que não rejeita os transplantes de outras espécies, tiveram resultados melhores nos testes de aprendizado e memória.

 

Além da reparação do cérebro por meio da substituição de células, os dois tipos de neurônios utilizados no experimento são fundamentais para o funcionamento do cérebro. Para os pesquisadores, a pesquisa pode ser considerada um avanço para a ciência, uma vez que ajuda a restaurar a memória danificada e também pode auxiliar no desenvolvimento de novos medicamentos.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.