text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Como ser um bom professor online

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Cursos online são muito diferentes que os cursos presenciais. Não só a questão da distância, mas o método de ensino e a forma com que se deve lidar com os alunos também são diferentes. Para evitar cometer erros, veja 10 dicas que podem te ajudar a ser um bom professor online:

 

Leia também:
» 700 cursos online grátis das melhores universidades do mundo
» 101 links para aprender qualquer idioma de graça
» 7 dicas de gramática para professores de inglês passarem a seus alunos

 

1 – Crie uma carta de apresentação
Antes de começar a lecionar o curso online, é interessante que você crie uma carta de apresentação contando quem você é, como será o andamento do curso, as avaliações, como entrar em contato com você, entre outras coisas. É importante deixar esses pontos bem claros antes de dar início ao curso.

 

2 – Crie um resumo do funcionamento do curso
Os métodos de avaliação de alguns cursos online são diferentes do que os cursos presenciais. Explique para seus alunos como funciona a plataforma de ensino, qual é o caminho para ver os resultados das avaliações, com quem falar para suporte técnico, entre outros.

 

3 – Seja organizado
Já que os conteúdos que você produzir poderão ser vistos por todos os alunos, a organização é essencial. Crie pastas por tema ou data, organize os assuntos em arquivos diferentes e deixe todo o conteúdo com fácil acesso.

 

4 – Siga uma agenda
Deixe os estudantes conhecerem a sua agenda e saberem quando você estará disponível para tirar dúvidas ou quando estará corrigindo as provas e tarefas. Acesse a página do curso frequentemente, pelo menos três vezes por semana e responda os seus e-mails o mais rápido possível.

 

5 – Deixe claro quais são as formas de contato
Se você der várias formas para os seus alunos entrarem em contato com você, esteja preparado para responder em todas elas rapidamente. Caso você queira focar a comunicação em poucos lugares, crie um e-mail especificamente para receber dúvidas e trabalhos ou utilize a caixa de mensagem de uma rede social para isso.

 

6 – Troca de arquivos
E-mails muita vezes podem ser problemáticos e não muito práticos para receber várias tarefas dos seus alunos. Encoraje-os a usar ferramentas como o Google Docs ou o DropBox.

 

7 – Centralize as dúvidas
Use fóruns ou um tópico somente para dúvidas. Crie um item de FAQ (Perguntas mais Feitas) com algumas respostas para, dessa forma, evitar que a sua caixa de email encha com muitas dúvidas.

 

8 – Crie grupos
Ao invés de pedir trabalhos individuais ou propor discussões soltas, crie grupos para que a dinâmica seja mais organizada. Tire dúvidas de grupos e não de cada pessoa.

 

9 – Permita com que os estudantes discutam
Discussões online podem ser uma das melhores formas para que os alunos consigam memorizar e realmente entender o assunto. Permita que os seus alunos realizem discussões e incentive-as.

 

10 – Organize grupos de estudo
Se você sente que seus alunos não interagem muito uns com os outros, proponha a formação de grupos de estudo para que eles possam se conhecer e desenvolver o conhecimento sozinhos.

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.