text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Saiba como incentivar os jovens a se tornarem inovadores tecnológicos

      
Fonte: Shutterstock
Fonte: Shutterstock

Os jovens do século XXI já nasceram em contato com o mundo digital: de brinquedos aos smartphones, tudo é eletrônico. Porém, não é apenas o contexto que determina essa facilidade. Pesquisas apontam que o chamado “quociente digital”, que mede a familiaridade com a tecnologia, atinge o ápice entre os 14 e os 15 anos de idade, ou seja, nessa idade os jovens estão mais aptos a aprender e inovar nesse âmbito.

 

Leia também:
» Confira 3 atividades da sala de aula que foram revolucionadas pela tecnologia
» Tecnologia na sala de aula: como manter o foco dos estudantes?
» Usar a tecnologia na sala de aula exige planejamento; entenda por que

 

E não há lugar melhor para canalizar todo esse potencial que a escola. Porém, como incentivar os estudantes não apenas a aprender melhor, mas a criar novas formas de interagir com o ensinoA resposta está em uma proposta de educação colaborativa. Os colégios precisam estar atentos às necessidades dos estudantes e ouvir suas sugestões, objetivando a modernização das técnicas. Ao mesmo tempo, os professores precisam propor exercícios instigantes, que promovam o uso dos diferentes recursos para a solução de um problema. Uma ótima oportunidade de colocar isso em prática está nas olimpíadas do conhecimento, afinal, competições são sempre motivadoras.

 

É muito importante verificar a eficácia dos exercícios e aplicar a tecnologia da maneira correta. Não adianta, também, usar essas ferramentas sem um propósito definido para que atuem apenas como facilitadoras e não como parte do processo de aprendizado. Nesse caso, tentar métodos inovadores como o STEM (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática, em tradução da sigla em inglês) é uma maneira de tornar o ensino mais integrado, aumentando a interdisciplinaridade.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.