Notícias

Enem 2014: cresce o número de universidades públicas e particulares que utilizam o exame

      
Fonte: Universia Brasil
Fonte: Universia Brasil

Os estudantes brasileiros têm utilizado cada vez mais as provas do Enem como porta de entrada para as mais concorridas universidades do país. E para acompanhar esse crescimento do número de candidatos, há um índice cada vez maior de instituições de ensino que aderiram ao exame como parte de seu processo seletivo.

 

Leia também:
» 7 filmes do Netflix úteis para o ENEM 2014
» 145 links essenciais para as provas do Enem 2014
» Siga a fórmula para escrever uma redação nota 1.000 no Enem 2014

 

De acordo com Targino de Araújo, presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e reitor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), todas as universidades federais utilizam o exame total ou parcialmente durante o seu processo de seleção. Segundo ele, o Enem funciona como um mecanismo de inclusão para os estudantes.

 

O reitor também afirma que na UFSCar, a utilização do Enem abrangia 50% das vagas da universidade, e atualmente, esse índice é de 100%. Segundo ele, não houve quem desistiu de usar o exame. Pelo contrário, a adesão é cada vez maior.

 

Para o ingresso nas universidades particulares, a situação é bem semelhante: o Enem é um dos principais critérios para ser aprovado no Prouni (Programa Universidade para Todos) . De acordo com o assessor do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular, o exame tem uma proporção muito grande no ensino superior.

 

No primeiro semestre de 2014, foram ofertadas mais de 190 mil bolsas integrais e parciais pelo ProUni . Na segunda edição do programa, foram mais de 115 mil bolsas. Já o Sisu (Sistema de Seleção Unificada)  ofertou, no primeiro semestre, mais de 170 mil vagas em 115 instituições públicas de educação superior. No segundo, foram mais de 50 mil vagas em 67 instituições.

 

O Enem também é muito aderido entre as escolas da rede federal: todos os institutos federais adotam a prova como sistema de ingresso total ou parcialmente. Além disso, de acordo com o presidente doConif , Luiz Augusto Caldas, a relação que o Enem traz nas suas questões, de diálogo mais específico com a realidade, inspira o professor em sala de aula.

 

As provas do Enem 2014 estão marcadas para os dias 8 e 9 de novembro. Ao todo, foram 8,7 milhões de inscritos no exame, que será realizado em 1,7 mil cidades. Os candidatos que estiverem interessados em fazer uma revisão final podem acessar o aplicativo gratuito Questões Enem, que reúne as provas de 2009 a 2013.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.