text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Professor: previna-se e evite que as tecnologias se tornem uma distração na aula

      
Fonte: Shutterstock
Fonte: Shutterstock

As tecnologias já fazem parte da sala de aula, não há como negar isso. No entanto, embora usar o Youtube e outras ferramentas online traga vantagens no processo de aprendizado dos seus alunos, é também visível que estas podem se tornar motivos para a distração. Para que este efeito colateral das tecnologias não afete o desempenho da classe no que diz respeito à compreensão dos conteúdos estudados, confira algumas dicas abaixo:

 

Leia também:
» Professor: descubra como fazer seus alunos tímidos participarem mais das aulas
» Professor: confira como usar a tecnologia de modo eficiente
» Professor: saiba como envolver seus alunos sonolentos durante as aulas

 

1 – Seus alunos são realmente multi-tarefas?

Muitos estudantes, quando são pegos pelos professores trocando mensagens com seus colegas, justificam sua atitude dizendo que são capazes de fazer mais de uma atividade ao mesmo tempo. Mas, você, na sua vida profissional e pessoal, já deve ter percebido que, ao tentar dar conta de mais de uma tarefa por vez, você acaba não fazendo nenhuma delas muito bem. Na verdade, seu desempenho cai bastante. Por isso, para que você consiga convencer seus alunos de que este não é um argumento válido, invista em atividades que exigem o foco dos estudantes, assim como o aprendizado ativo. Assim, gradualmente eles perceberão que você terá razão.

 

2 – Proibir aparelhos não é a solução

O smartphone é um aliado dos alunos durante a aula, afinal eles podem complementar as informações transmitidas na sua exposição, por exemplo, procurando imagens e notícias na internet. Portanto, proibir o uso de aparelhos como esse não é uma solução para evitar a distração dos estudantes. Na realidade, ao instituí-la, você acaba privando que eles tenham a liberdade de expandir seus conhecimentos por conta própria. O ideal é que você consiga desenvolver atividades utilizando estas ferramentas digitais para que seus alunos percebam que tem em mãos um dispositivo que permite um aprendizado também autônomo.

 

3 – Não compartilhe todo seu material

Se você quer que eles prestem mais atenção na sua aula, você não pode disponibilizar todas as apresentações de Power Point que você montou, afinal você dá, em muitos casos, motivo para que eles não façam suas próprias anotações. O recomendável é que você compartilhe alguns dos seus materiais sim, como textos complementares. Mas evite fazê-lo com frequência de modo que você volte a conquistar o foco dos estudantes.

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.