Notícias

Como o ensino de estratégias de liderança surgiu nos cursos de administração

      
Fonte: Shutterstock
Fonte: Shutterstock

A liderança é uma característica muito valorizada no momento da contratação de novos membros da equipe, porém essa foi uma noção adquirida ao longo do tempo. As principais universidades começaram a investir nessa ideia em um período histórico cujo contexto exigia algumas mudanças estruturais nos cursos.

 

Leia também:
» Quer aprimorar sua liderança profissional? Fundação alemã oferece bolsas de estudo 
» Veja o que as crianças podem te ensinar sobre liderança
» Saiba o que você pode aprender sobre liderança com Jogos Vorazes

 

Embora as universidades visem formar profissionais preparados para liderar equipes, esse é um padrão de ensino adotado recentemente. Até cerca dos anos 70, o objetivo principal do ensino era formar bons administradores de empresas. Esse cenário foi alterado quando os Estados Unidos passou por uma recessão econômica e, consequentemente, o setor administrativo foi acusado de negligenciar os problemas da época.

 

Com a crise no setor administrativo, as companhias precisaram encontrar maneiras de superar os problemas e a liderança foi uma das estratégias encontradas para suprimir as demandas administrativas falhas. Essa noção passou a ser incorporada nas universidades no final dos anos 70, quando Abraham Zaleznik, professor de Harvard, lançou uma obra chamada “Managers and Leaders: Are They Different?”, na qual o principal objetivo era questionar as diferenças entre liderança e administração.

 

Segundo Zaleznik, os líderes e os administradores agem de maneiras completamente diferentes na prática. Os primeiros são visionários capazes de motivar a equipe a se engajar em prol do objetivo comum da companhia, enquanto os últimos dão ordens para que os funcionários realizem determinadas funções, sem motivá-los para isso.

 

Segundo o jornalista Duff McDonald, colunista do New York Times, quando Charlie Rose, apresentador do “talk show” homônimo, questionou o atual reitor da Universidade de Harvard, Nitin Nohria, sobre o motivo de ter sido escolhido para o cargo, afirmou que muito se deu à base de liderança que havia tido durante toda carreira, reforçando a importância dessa habilidade para exercer bem determinadas funções.

 

Gostou das dicas? Leia todas as notícias de Educação. Comente e compartilhe abaixo

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.