text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

5 maneiras de utilizar as nuvens de palavras nas salas de aula

      
Fonte: Shutterstock
Fonte: Shutterstock

As nuvens de palavras são instrumentos didáticos podendo facilmente ser usados nas salas de aula. A premissa básica é selecionar listas de palavras e colocá-las na ferramenta. Assim, as que ficarem maiores representam as que apareceram mais vezes no texto inserido no momento de geração da nuvem.

 

Leia também:
» Professor 4 tecnologias para introduzir na sala de aula em 2015
» Qual é a melhor maneira de dar aula para adultos?
» Confira 3 atividades da sala de aula que foram revolucionadas pela tecnologia

 

As nuvens fazem com que os alunos percebam facilmente quais os conceitos chaves da disciplina e, consequentemente, tenham maior aproveitamento educacional. Outro ponto importante é que são muito eficientes para os alunos que têm maior facilidade de aprendizagem pela visão e atraem a atenção de todos os outros de maneira mais efetiva do que a simples exposição de conceitos.

 

A seguir, confira 5 formas de utilização dessa ferramenta nas salas de aula:

 

1- Para ampliar o vocabulário dos alunos 
Uma estratégia interessante é usar as nuvens de palavras para explorar os sinônimos e antônimos das expressões. O professor deve encorajar os alunos a ampliar o conhecimento lexical a partir da ferramenta, porque os resultados serão benéficos. A ideia é escolher uma palavra, pedir para os estudantes elegerem vários sinônimos para ela e, a partir disso, criar a nuvem, como resultado final do trabalho da sala.

 

2- Como ferramenta de auto avaliação à escrita 
Os alunos costumam ter dificuldade de eleger ideias para escrever textos pedidos pelos professores. Para diminuir essa defasagem, eles devem construir uma lista com os tópicos principais que pretendem desenvolver no trabalho que realizarão. Após terem escrito o texto, as nuvens de palavras devem servir como um guia para que os alunos percebam se conseguiram ou não explorar os assuntos que se propuseram quando pensaram em como construir o texto.

 

3- Como uma estratégia ativa
Os professores devem pedir aos alunos que escrevam quaisquer palavras que acreditem fazer referência aos conceitos estudados. Ao colocar esses vocabulários nas nuvens de palavras, o material construído servirá de revisão para todos os alunos da sala de aula.

 

Além disso, podem ser construídas duas nuvens, uma com os conceitos que acreditam dominar e outra com aqueles que gostariam de aprender mais. Assim, podem servir de base para o processo de aprendizagem durante o ano e atender as expectativas de ensino tanto dos professores como dos estudantes.

 

4- Use para que as pessoas se conheçam
As nuvens de palavras são ótimas ferramentas de apresentação pessoal no início do ano letivo. Muitos alunos sentem-se mais confortáveis de escrever características pessoais do que fala-las em público. Além disso, o professor pode introduzir a disciplina que lecionará e dados sobre a vida pessoal para os alunos por meio das nuvens.

 

As listas dos alunos devem conter tópicos como os gostos, o que fizeram nas férias, quais os interesses pessoais etc. Outra atividade relacionada é a criação de nuvens com adjetivos que caracterizam determinado aluno, fornecido pelo resto da sala, para aumentar a confiança entre as pessoas na sala de aula.

 

5- Use para ajudar com a comunicação 
Dentro do ambiente escolar, a comunicação aluno-professor deve ser muito boa, para que ambos entendam os respectivos papeis e obrigações na sala de aula. O professor deve expor aos alunos as expectativas e os critérios de avaliação.

 

Após a conversa, os alunos podem listar as palavras chaves discutidas pelo docente e, a partir delas, criar uma nuvem de palavras. Essa ferramenta serve de base para verificar se a comunicação ocorreu de maneira efetiva e se todos os critérios para o bom andamento do ano foram compreendidos.

 

Gostou das dicas? Leia todas as notícias de Educação. Comente e compartilhe abaixo

Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.