text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

3 formas simples de editar o seu currículo antigo

      
<p>Ao passar muitos anos num mesmo emprego é comum que o profissional não tenha alterado o seu currículo durante o período que ocupou aquele cargo. Porém, <a title=Como impulsionar sua carreira após uma demissão href=https://noticias.universia.com.br/carreira/noticia/2015/05/28/1125848/impulsionar-carreira-apos-demisso.html>depois de uma demissão</a> ou da decisão de seguir outros rumos com a sua carreira, é necessário atualizar dados objetivos e experiências antes de se candidatar a outras vagas. Para ajudá-lo a fazer essa edição do seu CV antigo de forma rápida, a <strong>Universia Brasil</strong> indica 3 dicas essenciais. Confira:<br/><br/></p><p><span style=color: #333333;><strong>Veja também:</strong></span><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Como criar o currículo mais completo possível href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/08/21/1130216/criar-curriculo-completo-possivel.html>» <strong>Como criar o currículo mais completo possível</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=5 dicas do que NÃO fazer em currículos href=https://noticias.universia.com.br/carreira/noticia/2015/06/24/1127226/5-dicas-fazer-curriculos.html>» <strong>5 dicas do que NÃO fazer em currículos</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Todas as notícias de Emprego href=https://noticias.universia.com.br/emprego>» <strong>Todas as notícias de Emprego</strong></a></p><p><br/><strong>1 – Inclua suas mais recentes experiências</strong></p><p> </p><p>Para começar a repaginar o seu currículo, redija o que você fez nestes últimos anos tanto no seu emprego formal quanto fora dele, isto é, se <a title=Conheça projetos que podem potencializar seu currículo href=https://noticias.universia.com.br/carreira/noticia/2015/08/12/1129795/conheca-projetos-podem-potencializar-curriculo.html>você manteve um blog</a> abordando os temas da sua área de atuação ou fez trabalhos voluntários. A princípio, não se preocupe em escrever estas informações de um jeito rebuscado ou mais chamativo, porque o primeiro passo é relembrar tudo de relevante que você fez, principalmente se o nome do cargo que você tinha não transparecer aquelas responsabilidades.</p><p><br/>Apenas quando terminada essa tarefa, inicie sua edição. Descreva suas experiências de preferência em itens para tornar a leitura mais objetiva e tente encaixar sua carreira numa única folha. Isso provavelmente implicará em deixar de lado algumas funções, como o primeiro estágio. Para que você não corra o risco de tirar uma informação importante, reflita sobre as funções esperadas no cargo que você se aplicará e tente relacioná-las à sua trajetória até o momento. Se você não conseguir estabelecer uma ligação entre o que fez há 15 anos e o que pretende fazer no futuro, não hesite: apague.</p><p><strong><br/><br/>2 – Repense a organização dos dados</strong></p><p> </p><p>Após se formar na universidade, provavelmente você dava ênfase no seu CV à sua educação, deixando-a como um dos primeiros tópicos desse documento. Hoje, depois de ter tido passado por diferentes empregos e, muitas vezes, áreas de atuação, você consegue dar maior destaque às suas mais recentes experiências profissionais. Por isso, reflita sobre o momento da carreira em que você está e reordene suas informações.</p><p> </p><p><strong><br/>3 – Faça uma revisão final</strong></p><p> </p><p>Este é o momento no qual você verá se não cometeu erros de ortografia ou se esqueceu de escrever uma palavra e, por isso, sua frase ficou sem sentido. Uma maneira de fazê-lo rapidamente, porém de modo efetivo, é lendo todo o documento em voz alta, porque a própria sonoridade da frase pode denunciar qualquer equívoco. É também nesta etapa final que você conferirá se está usando os mesmos padrões em todo o currículo, a exemplo de verificar se pontuou o final de todos os períodos ou ainda se está usando o mesmo modelo para indicar datas.</p><p> </p>
Fonte: Shutterstock

Ao passar muitos anos num mesmo emprego é comum que o profissional não tenha alterado o seu currículo durante o período que ocupou aquele cargo. Porém, depois de uma demissão ou da decisão de seguir outros rumos com a sua carreira, é necessário atualizar dados objetivos e experiências antes de se candidatar a outras vagas. Para ajudá-lo a fazer essa edição do seu CV antigo de forma rápida, a Universia Brasil indica 3 dicas essenciais. Confira:

Veja também:
» Como criar o currículo mais completo possível
» 5 dicas do que NÃO fazer em currículos
» Todas as notícias de Emprego


1 – Inclua suas mais recentes experiências

 

Para começar a repaginar o seu currículo, redija o que você fez nestes últimos anos tanto no seu emprego formal quanto fora dele, isto é, se você manteve um blog abordando os temas da sua área de atuação ou fez trabalhos voluntários. A princípio, não se preocupe em escrever estas informações de um jeito rebuscado ou mais chamativo, porque o primeiro passo é relembrar tudo de relevante que você fez, principalmente se o nome do cargo que você tinha não transparecer aquelas responsabilidades.


Apenas quando terminada essa tarefa, inicie sua edição. Descreva suas experiências de preferência em itens para tornar a leitura mais objetiva e tente encaixar sua carreira numa única folha. Isso provavelmente implicará em deixar de lado algumas funções, como o primeiro estágio. Para que você não corra o risco de tirar uma informação importante, reflita sobre as funções esperadas no cargo que você se aplicará e tente relacioná-las à sua trajetória até o momento. Se você não conseguir estabelecer uma ligação entre o que fez há 15 anos e o que pretende fazer no futuro, não hesite: apague.



2 – Repense a organização dos dados

 

Após se formar na universidade, provavelmente você dava ênfase no seu CV à sua educação, deixando-a como um dos primeiros tópicos desse documento. Hoje, depois de ter tido passado por diferentes empregos e, muitas vezes, áreas de atuação, você consegue dar maior destaque às suas mais recentes experiências profissionais. Por isso, reflita sobre o momento da carreira em que você está e reordene suas informações.

 


3 – Faça uma revisão final

 

Este é o momento no qual você verá se não cometeu erros de ortografia ou se esqueceu de escrever uma palavra e, por isso, sua frase ficou sem sentido. Uma maneira de fazê-lo rapidamente, porém de modo efetivo, é lendo todo o documento em voz alta, porque a própria sonoridade da frase pode denunciar qualquer equívoco. É também nesta etapa final que você conferirá se está usando os mesmos padrões em todo o currículo, a exemplo de verificar se pontuou o final de todos os períodos ou ainda se está usando o mesmo modelo para indicar datas.

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.