text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Prova de Física do Enem estava no nível da Fuvest, diz professor

      
<p>Alexandre Sasaki, professor do curso Poliedro, classificou a <strong>prova de Física do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015</strong> como trabalhosa e com bom nível de exigência nas questões e também disse que ela estava bem mais difícil do que no ano passado.</p><p> </p><p><span style=color: #333333;><strong>Veja também:<br/></strong></span><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Enem 2015: veja gabaritos do primeiro dia de provas href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/10/24/1132827/enem-2015-veja-gabaritos-primeiro-dia-provas.html?_ga=1.226700319.304166548.1440467045>» <strong>Enem 2015: veja gabaritos do primeiro dia de provas</strong></a><br/><strong><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Prova de Geografia do Enem 2015 pedia conteúdo que não é do ensino médio href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/10/25/1132832/prova-geografia-enem-2015-pedia-conteudo-ensino-medio.html>» Prova de Geografia do Enem 2015 pedia conteúdo que não é do ensino médio</a></strong><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Enem 2015: tudo sobre o 1º dia de provas href=https://noticias.universia.com.br/tag/enem-2015-primeiro-dia/>» <strong>Enem 2015: tudo sobre o 1º dia de provas</strong></a></p><p> </p><p>Para ele, o exame tinha cara de <strong>vestibular da Fuvest e Unicamp</strong>, pois <strong><a title=Candidatos analisam primeiro dia de provas do Enem 2015 href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/10/24/1132826/candidatos-analisam-primeiro-dia-provas-enem-2015.html>exigia um conhecimento bastante avançado do aluno</a></strong>. A questão 60 da prova branca, por exemplo, queria uma relação entre a borracha mole e a borracha dura em um estilingue. Essa era muito difícil, comenta.</p><p> </p><p>Outra questão considerada complicada era a de número 88 da prova branca. Era sobre o painel voltaico de um carro e envolvia porcentagem, cálculo de rendimento e eficiência, conta.</p><p> </p><p>Segundo Sasaki, a prova também tinha questões muito trabalhosas que exigiam um tempo mais longo para serem resolvidas. Sem dúvida, o tempo estipulado pelo Enem estava muito abaixo do necessário para fazer os exercícios, diz o professor.</p><p> </p><p>Apesar disso, Sasaki disse que a prova de Física estava muito boa e bem elaborada. Ela também equilibrou bem os conteúdos e cobrou conceitos relacionados ao cotidiano do aluno. Calor, energia, ondas e ótica foram os temas que caíram. Eles são bem atuais e modernos.</p><p> </p><p><strong>Segundo dia de provas do Enem 2015</strong></p><p>Neste sábado (24), os candidatos fizeram as <strong>provas de Ciências Humanas e Ciências da Natureza</strong>, cada uma com 45 questões, totalizando 90 testes de múltipla escolha. No domingo (25), será a vez das provas de Linguagens e Códigos e Matemática, também com 45 questões cada, e Redação. A duração da prova deste sábado foi de quatro horas e meia e no domingo, segundo dia do exame, serão cinco horas e meia. Os portões das escolas ficam abertos das 12h às 13h do horário oficial de Brasília.</p>
Fonte: Universia Brasil

Alexandre Sasaki, professor do curso Poliedro, classificou a prova de Física do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015 como "trabalhosa e com bom nível de exigência nas questões" e também disse que ela estava bem mais difícil do que no ano passado.

 

Veja também:

» Enem 2015: veja gabaritos do primeiro dia de provas
» Prova de Geografia do Enem 2015 pedia conteúdo que não é do ensino médio
» Enem 2015: tudo sobre o 1º dia de provas

 

Para ele, o exame tinha cara de vestibular da Fuvest e Unicamp, pois exigia um conhecimento bastante avançado do aluno. "A questão 60 da prova branca, por exemplo, queria uma relação entre a borracha mole e a borracha dura em um estilingue. Essa era muito difícil", comenta.

 

Outra questão considerada complicada era a de número 88 da prova branca. "Era sobre o painel voltaico de um carro e envolvia porcentagem, cálculo de rendimento e eficiência", conta.

 

Segundo Sasaki, a prova também tinha questões muito trabalhosas que exigiam um tempo mais longo para serem resolvidas. "Sem dúvida, o tempo estipulado pelo Enem estava muito abaixo do necessário para fazer os exercícios", diz o professor.

 

Apesar disso, Sasaki disse que a prova de Física estava muito boa e bem elaborada. Ela também equilibrou bem os conteúdos e cobrou conceitos relacionados ao cotidiano do aluno. "Calor, energia, ondas e ótica foram os temas que caíram. Eles são bem atuais e modernos".

 

Segundo dia de provas do Enem 2015

Neste sábado (24), os candidatos fizeram as provas de Ciências Humanas e Ciências da Natureza, cada uma com 45 questões, totalizando 90 testes de múltipla escolha. No domingo (25), será a vez das provas de Linguagens e Códigos e Matemática, também com 45 questões cada, e Redação. A duração da prova deste sábado foi de quatro horas e meia e no domingo, segundo dia do exame, serão cinco horas e meia. Os portões das escolas ficam abertos das 12h às 13h do horário oficial de Brasília.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.