text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Enem 2015: veja balanço dos dois dias de prova

      
Fonte: Universia Brasil

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015 foi eleito por alunos e professores como um dos mais complexos da história. O nível de algumas questões da prova foi comparado a vestibulares como o da Fuvest, que é porta de entrada para os cursos da USP, e também da Unicamp, famosos por serem bastante exigentes e terem exercícios de alta complexidade. As provas de Química e Física, que aconteceram neste sábado (24), primeiro dia do exame, se destacaram pela dificuldade e por terem características distintas dos exames de anos anteriores.

Leia também:

» "Enem do passado foi enterrado", diz professor
» “A mulher é sexo frágil", reclama candidato sobre tema da redação do Enem 2015
» Enem 2015: tudo sobre o 2º dia de provas

Cadastre-se aqui para receber novidades sobre o ENEM

O coordenador do curso Objetivo Daily Oliveira disse que a equipe de professores que analisou o Enem 2015 considerou a prova "difícil, cansativa e desumana", principalmente no segundo dia do exame. Já os professores do Curso Poliedro de São José dos Campos notaram, de uma maneira geral, mudanças nesta edição em relação às edições anteriores e também uma boa mistura entre questões fáceis, medianas e difíceis.

 

Segundo balanço divulgado pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, durante coletiva de imprensa, o Enem 2015 teve o menor índice de abstenção da série histórica do Exame, equivalente a 25,5% do total de inscritos. Nos dois dias de prova, foram eliminados 743 participantes por portar aparelhos eletrônicos proibidos em sala de aula. Foram registrados, inclusive, casos de alunos com ponto eletrônico de escuta. Apenas três eliminações ocorreram por conta de postagem de imagens nas redes sociais.

 

Para consolidar a cobertura do Enem 2015, a Universia Brasil preparou um balanço aprofundado dos dois de prova, com comentários e opiniões de professores. Também estão disponíveis os gabaritos do primeiro dia de provas e do segundo dia de provas, além da resolução comentada das questões por professores do curso Poliedro. Veja a seguir:

 

Prova de Química do Enem 2015

Eleita pelos alunos como a mais difícil do primeiro dia, a prova de Química do Enem 2015 estava, segundo o professor Mauro Oto, do curso Poliedro, "muito bem elaborada e abrangente". Segundo o professor, foram cobrados muitos conceitos dos candidatos, principalmente de assuntos relacionados a Química Orgânica. Por outro lado, alguns exercícios podiam ser resolvidos com informações da própria questão. Oto chamou atenção para a questão de número 51 da prova branca, que tinha problemas no enunciado. "Se o aluno não estivesse esperto, teria dificuldades para resolver", comenta.

 

Prova de Geografia do Enem 2015

Clarisse Paiva, professora do Poliedro, disse que a prova de Geografia do Enem 2015 foi a que mais pediu conceitos específicos de toda a história do exame. Apesar disso, também tinha questões interpretativas que envolviam Geografia de uma forma geral. Outra característica desta edição foi a ausência de conteúdos que costumavam cair na prova."Não apareceram questões de demografia, industrialização do Brasil meio aos governos industriais e migração", cita Clarisse. Houve também uma questão sobre veredas, a de número 17 da prova branca, que exigia conceitos pouco recorrentes no Ensino Médio.

 

Prova de Física do Enem 2015

Para o professor Alexandre Sasaki, do curso Poliedro, a prova de Física do Enem tinha questões difíceis, no nível da Fuvest, e exigia um conhecimento avançado aluno. Além disso, o tempo necessário para resolver os exercícios era muito superior ao oferecido pela prova, o que também prejudicou os candidatos. Apesar de tudo, o professor considerou a prova bem elaborada, com bom equilíbrio entre os conteúdos mais importantes da matéria.

 

Prova de Biologia do Enem 2015

Segundo o professor Calimerio de Oliveira, a prova de Biologia do Enem estava fácil, apesar de exigir do aluno bastante conteúdo. "As questões tinham bons textos de apoio e eram bem elaboradas", diz o professor, que também chamou atenção para duas questões da prova consideradas de alto nível de complexidade. "A questão 83 da prova branca falava sobre quimerismo, que não é um assunto muito comum no Ensino Médio. A questão 62 da mesma prova tratava de vacinas para dengue e exigia do aluno um conhecimento muito aprofundadoo muito comum durante o  sobre imunologia", explica.

 

Provas de Filosofia e Sociologia do Enem 2015

As provas de Filosofia e Sociologia não tinham muitas surpresas e também não cobraram muitos conceitos. O que surpreendeu foi a ausência de pensadores que sempre eram pedidos nas questões, como Platão, Kant, Aristóteles e Descartes. Por outro lado, alguns conteúdos tradicionais voltaram a aparecer na prova, como o debate entre empiristas e racionalistas.

 

Prova de História Enem 2015

Segundo Luaê Carregaria, professora do curso Poliedro, a prova de História do Enem 2015 abordou os temas esperados e teve nível de dificuldade mediano. Também houve grande presença de conteúdos ligados à História do Brasil e também de temas sociais, como sociedades indígenas e o negro e a escravidão.

 

Prova de Redação do Enem 2015

A professora Daniela Azeinstein disse que o tema da redação do Enem 2015 já era esperado e não foi difícil. Para ela, o aluno que defender qualquer tipo de violência contra a mulher em seu texto, provavelmente, estará correndo um grande risco de zerar, já que a questão fere diretamente os Direitos Humanos.

 

Prova de Português do Enem 2015

Segundo Rodrigo Shiroma, professor do curso Poliedro, a prova foi de nível mediano e bastante interpretativa. Seus textos eram dinâmicos, o que ajudava o candidato a ficar menos exausto durante a resolução. Caíram, segundo Shiroma, questões sobre gêneros textuais e de gramática aplicada à estrutura de textos. Como novidade, o professor cita a questão de número 116 da prova azul, que cobrava fonética, tema não muito comum às provas do Enem.

 

Prova de Matemática do Enem 2015

A prova de Matemática do Enem 2015 foi eleita pelos alunos a mais difícil do segundo dia. No entanto, o professor Thiago Siqueira considerou a prova de nível mediano, com bom balanço entre os conteúdos. Segundo ele, algumas questões estavam no nível da prova da Fuvest.

 

Prova de Inglês do Enem 2015

Para o professor Mitsuo Kurozowa, a prova de Inglês do Enem 2015 estava boa, bem elaborada, mas deixou a desejar em termos de qualidade dos textos e material de apoio. De uma forma geral, o vocabulário era acessível, com exceção de algumas questões, como a de número 94 da prova branca, que exigia um nível de conhecimento mais requintado.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.