text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Professor: 3 técnicas para usar o YouTube em sala de aula

      
Fonte: Shutterstock

Com o avanço da tecnologia na educação, muitas ferramentas digitais são introduzidas no ambiente educacional, tornando a rotina de professores e estudantes mais dinâmica e inovadora. Além de sites que oferecem ensino online e de redes sociais, como o Facebook e o Twitter, os vídeos do YouTube também podem ser um recurso útil para os professores que desejam incrementar as aulas.

 

Veja também:
»Professor: como adaptar o ensino na era da tecnologia
» Professor: 4 ferramentas online gratuitas para auxiliar no ensino de idiomas
» Todas as notícias de Educação

 

Sabendo disso, separamos 3 dicas para usar o YouTube da melhor forma em sala de aula. Confira:

 

1 - Exiba vídeos para entreter a turma

É interessante trazer aos alunos vídeos divertidos relacionados à matéria para apresentar aos estudantes um lado mais descontraído do conteúdo. Isso pode ser uma ótima forma de quebrar a monotonia, fazendo com que a turma fique mais interessada no que você ensina. Uma dica seria usar um vídeo de curta duração para introduzir algum assunto no começo da aula, por exemplo. Isso poderia servir como uma prévia para que os estudantes tenham uma noção dos assuntos que serão abordados em sala de aula, podendo prender a atenção da classe.

 

2 - Sugira canais aos estudantes

Experimente fazer sugestões de canais do YouTube aos estudantes, que sejam relacionados à matéria dada em sala de aula, tornando isso uma espécie de lição de casa. Os alunos podem assimilar mais facilmente um conteúdo de uma forma visual do que lendo ou escrevendo, por exemplo. Contudo, certifique-se da credibilidade das fontes recomendadas por você, pois podem existir alguns canais que não transmitam informações verídicas. Recomende os melhores vídeos que você conhece a respeito de determinada matéria e, se necessário, peça aos alunos que contem à turma quais foram as informações que absorveram por meio do exercício.

 

3 - Experimente criar o seu próprio canal

Criar o próprio canal educativo no YouTube pode ser uma ótima estratégia para alguns professores. Você pode gravar suas próprias aulas e salvá-las na sua página do site, tornando-se uma boa ferramenta para o aluno que faltou à aula, por exemplo. Assim, esse estudante poderia acessá-las posteriormente, não sendo prejudicado por causa do conteúdo perdido. Você também pode usar o seu canal para assistir aulas antigas, para aprimorar seu desempenho. Além de funcionar como um feedback sobre o seu próprio trabalho, assistir a esses vídeos pode fazê-lo enxergar os assuntos que podem ser abordados de uma maneira diferente, evitando que o seu ensino se torne repetitivo.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.