text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Lei antibullying para escolas e clubes é sancionada

      
<p>A presidente Dilma Rousseff sancionou a <strong>lei que torna obrigatória a conduta antibullying</strong> por escolas e clubes, através de medidas de prevenção. A nova lei, que teve seu texto publicado no <strong>Diário Oficial da União (DOU)</strong> desta segunda-feira (9), <strong>entrará em vigor daqui há 90 dias</strong>.</p><p> </p><p><span style=color: #333333;><strong>Veja também:</strong></span><br/><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Enem no Divã: bullying no ano de vestibular href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/08/13/1129816/enem-diva-bullying-ano-vestibular.html>» <strong>Enem no Divã: bullying no ano de vestibular</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Professor: saiba como combater o cyberbullying em sala de aula href=https://noticias.universia.com.br/educacao/noticia/2015/03/23/1122074/professor-saiba-combater-cyberbullying-sala-aula.html>» <strong>Professor: saiba como combater o cyberbullying em sala de aula</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Todas as notícias de Educação href=https://noticias.universia.com.br/educacao>» <strong>Todas as notícias de Educação</strong></a></p><p> </p><p>No texto, a prática do bullying é caracterizada por atos de <strong>violência física ou moral, com o objetivo de intimidar ou agredir, causando danos às suas vítimas</strong>. Para evitar que isso aconteça no ambiente escolar, o projeto propõe que os <strong><a title=Professor: saiba como combater o cyberbullying em sala de aula href=https://noticias.universia.com.br/educacao/noticia/2015/03/23/1122074/professor-saiba-combater-cyberbullying-sala-aula.html>educadores recebam as orientações necessárias para agir ativamente contra essas práticas e coibir a violência</a></strong>. Também foi sugerido apoio aos familiares, para que saibam quando o bullying está acontecendo, sejam seus filhos as vítimas ou agressores.</p><p> </p><p>A criação de campanhas e fornecimento de assistência psicológica e jurídica aos afetados também estão entre as propostas. Apesar dos esforços para exterminar o problema, o texto exige que a punição dos responsáveis seja evitada ao máximo e que medidas alternativas educacionais tenham prioridade.</p>
Fonte: Shutterstock

A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei que torna obrigatória a conduta antibullying por escolas e clubes, através de medidas de prevenção. A nova lei, que teve seu texto publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (9), entrará em vigor daqui há 90 dias.

 

Veja também:

» Enem no Divã: bullying no ano de vestibular
» Professor: saiba como combater o cyberbullying em sala de aula
» Todas as notícias de Educação

 

No texto, a prática do bullying é caracterizada por atos de violência física ou moral, com o objetivo de intimidar ou agredir, causando danos às suas vítimas. Para evitar que isso aconteça no ambiente escolar, o projeto propõe que os educadores recebam as orientações necessárias para agir ativamente contra essas práticas e coibir a violência. Também foi sugerido apoio aos familiares, para que saibam quando o bullying está acontecendo, sejam seus filhos as vítimas ou agressores.

 

A criação de campanhas e fornecimento de assistência psicológica e jurídica aos afetados também estão entre as propostas. Apesar dos esforços para exterminar o problema, o texto exige que a punição dos responsáveis seja evitada ao máximo e que medidas alternativas educacionais tenham prioridade.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.