text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Brasileiro tem baixo conhecimento em inglês, diz pesquisa

      
<p>O Brasil ficou em 41º lugar no <strong>Índice de Proficiência em Inglês</strong> realizado pelo grupo <strong>EF Education First</strong>, especializado em educação internacional. No ano passado, o país ocupava a posição de número 38 do ranking.</p><p> </p><p><span style=color: #333333;><strong>Veja também:</strong></span><br/><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Inglês na Fuvest 2016: charges href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/03/1133213/ingles-fuvest-2016-charges.html>» <strong>Inglês na Fuvest 2016: charges</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Aprenda inglês sozinho: os 6 erros comuns de pronúncia dos brasileiros href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/09/14/1131103/aprenda-ingles-sozinho-6-erros-comuns-pronuncia-brasileiros.html>» <strong>Aprenda inglês sozinho: os 6 erros comuns de pronúncia dos brasileiros</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Todas as notícias de Educação href=https://noticias.universia.com.br/educacao>» <strong>Todas as notícias de Educação</strong></a></p><p> </p><p>No levantamento, foram avaliadas 910 mil pessoas de 70 países. Vocabulário, gramática e capacidade de ler, escrever e compreender termos em inglês foram algumas das habilidades cobradas na avaliação. Entre os níveis de proficiência estabelecidos pelo <strong>Quadro Europeu Comum de Referência de Idiomas (QECR)</strong>, o <strong><a title=Site oferece teste gratuito para medir nível de fluência em inglês href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/09/11/1131141/site-oferece-teste-gratuito-medir-nivel-fluencia-ingles.html>Brasil ficou na faixa de baixa proficiência, com uma média de 51,05 pontos</a></strong>.</p><p> </p><p>Os estados brasileiros que se saíram melhor nas provas foram o Distrito Federal, com 54,17 pontos e classificação de proficiência em nível moderado, e São Paulo, com 53,06 pontos e proficiência também moderada. Os dois piores resultados foram do estado do Mato Grosso, com 44,79, e Tocantins, com 46,30. Ambos ficaram na faixa de proficiência considerada muito baixa.</p><p> </p><p>Na América Latina, a Argentina ficou em primeiro lugar, com 60,26 pontos e alto conhecimento em inglês. Já o Brasil ocupa a sétima posição, atrás de países com República Dominicana e Peru. <strong><a title=EF EPI href=https://www.ef.com.br/epi/regions/latin-america/brazil/ target=_blank>Confira a lista completa aqui</a></strong>.</p>
Fonte: Shutterstock

O Brasil ficou em 41º lugar no Índice de Proficiência em Inglês realizado pelo grupo EF Education First, especializado em educação internacional. No ano passado, o país ocupava a posição de número 38 do ranking.

 

Veja também:

» Inglês na Fuvest 2016: charges
» Aprenda inglês sozinho: os 6 erros comuns de pronúncia dos brasileiros
» Todas as notícias de Educação

 

No levantamento, foram avaliadas 910 mil pessoas de 70 países. Vocabulário, gramática e capacidade de ler, escrever e compreender termos em inglês foram algumas das habilidades cobradas na avaliação. Entre os níveis de proficiência estabelecidos pelo Quadro Europeu Comum de Referência de Idiomas (QECR), o Brasil ficou na faixa de baixa proficiência, com uma média de 51,05 pontos.

 

Os estados brasileiros que se saíram melhor nas provas foram o Distrito Federal, com 54,17 pontos e classificação de proficiência em nível moderado, e São Paulo, com 53,06 pontos e proficiência também moderada. Os dois piores resultados foram do estado do Mato Grosso, com 44,79, e Tocantins, com 46,30. Ambos ficaram na faixa de proficiência considerada muito baixa.

 

Na América Latina, a Argentina ficou em primeiro lugar, com 60,26 pontos e alto conhecimento em inglês. Já o Brasil ocupa a sétima posição, atrás de países com República Dominicana e Peru. Confira a lista completa aqui.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.