text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

10 melhores países para estudar

      
<p><strong>Educação de qualidade é a base para qualquer sociedade</strong>, mas nenhum país do mundo ainda conseguiu conquistar um sistema de ensino perfeito, sem falhas ou pontos a melhorar. Contudo, em certos aspectos, algumas nações se destacam do restante e oferecem <strong><a title=Melhor professora do mundo dá dicas para lidar com os alunos href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/09/1133512/melhor-professora-mundo-da-dicas-sobre-lidar- alunos.html>programas educacionais exemplares</a></strong>.</p><p> </p><p><span style=color: #333333;><strong>Você pode ler também:</strong></span></p><p><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=USP e FGV aparecem em ranking internacional de melhores universidades href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/19/1133885/usp-fgv-aparecem-ranking-internacional-melhores-universidades.html>» <strong>USP e FGV aparecem em ranking internacional de melhores universidades</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Países da UNESCO se comprometem com a igualdade na educação href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/11/1133593/paises-unesco-comprometem-igualdade-educacao.html>» <strong>Países da UNESCO se comprometem com a igualdade na educação</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Todas as notícias de Educação href=https://noticias.universia.com.br/educacao>» <strong>Todas as notícias de Educação</strong></a></p><p> </p><p>O <strong><a title=Pearson href=https://br.pearson.com/ target=_blank>grupo Pearson</a></strong> de educação internacional realiza análises e balanços referentes à qualidade de ensino no mundo. Recentemente, a empresa divulgou um <strong>ranking com os sistemas educacionais mais bem-sucedidos do mundo</strong>. A seguir, veja a lista dos <strong>10 países que oferecem os melhores programas de ensino:</strong></p><p> </p><p><strong>1 – Coréia do Sul</strong></p><p><br/> A competição entre Coréia do Sul e Japão foi muito acirrada, mas o ensino coreano saiu na frente e conquistou o primeiro lugar do ranking. A diferença entre os dois países é que a Coréia investe mais em educação infantil, garantindo sete dias semanais de aula. Em 2014, os coreanos gastaram o equivalente a 11 bilhões e 300 milhões de dólares em educação. Outro marcador importante do país é o índice de pessoas alfabetizadas, que chegou aos 97,9%.</p><p> </p><p><strong>2 – Japão</strong></p><p><br/> O Japão tem como foco dos seus investimentos a educação tecnológica, nas mais diversas áreas do conhecimento.</p><p> </p><p><strong>3 – Cingapura</strong><br/><br/> O terceiro lugar foi dado a Cingapura, graças ao seu forte sistema de educação primária.</p><p> </p><p><strong>4 – Hong Kong</strong><br/><br/> A educação primária, secundária e o ensino superior do país o fizeram alcançar a 4ª posição. Os alunos são alfabetizados em inglês, chinês e cantonês e menos de 6% da população não sabe ler ou escrever.</p><p> </p><p><strong>5 – Finlândia</strong><br/><br/> Anualmente, o país investe mais de 11 bilhões de euros em educação.</p><p> </p><p><strong>6 – Reino Unido</strong><br/><br/> Escócia, Irlanda do Norte e Inglaterra trabalham, cada um, em seu próprio sistema de ensino, criando altos marcadores educacionais para todo o Reino Unido.</p><p> </p><p><strong>7 – Canadá</strong><br/><br/> Nas escolas canadenses, os alunos são alfabetizados em inglês e francês. O analfabetismo é praticamente inexistente, pois apenas 1% da população não sabe ler ou escrever. A maior parte dos investimentos em educação é voltada para o ensino infantil.</p><p> </p><p><strong>8 – Holanda</strong><br/><br/> O país ficou na 8ª posição pois, apesar de ter um sistema educacional exemplar, o ensino médio na Holanda tem diversos pontos a melhorar.</p><p> </p><p><strong>9 – Irlanda</strong><br/><br/> O que chama a atenção na Irlanda, além de um índice de alfabetização igual a 99%, é que todo o sistema de ensino, da educação básica à universidade, é gratuito e de alta qualidade.</p><p> </p><p><strong>10 – Polônia</strong><br/><br/> O sistema de ensino polonês é sólido e de qualidade, da educação básica até os cursos de graduação.</p>
Fonte: Shutterstock

Educação de qualidade é a base para qualquer sociedade, mas nenhum país do mundo ainda conseguiu conquistar um sistema de ensino perfeito, sem falhas ou pontos a melhorar. Contudo, em certos aspectos, algumas nações se destacam do restante e oferecem programas educacionais exemplares.

 

Você pode ler também:


» USP e FGV aparecem em ranking internacional de melhores universidades
» Países da UNESCO se comprometem com a igualdade na educação
» Todas as notícias de Educação

 

O grupo Pearson de educação internacional realiza análises e balanços referentes à qualidade de ensino no mundo. Recentemente, a empresa divulgou um ranking com os sistemas educacionais mais bem-sucedidos do mundo. A seguir, veja a lista dos 10 países que oferecem os melhores programas de ensino:

 

1 – Coréia do Sul


A competição entre Coréia do Sul e Japão foi muito acirrada, mas o ensino coreano saiu na frente e conquistou o primeiro lugar do ranking. A diferença entre os dois países é que a Coréia investe mais em educação infantil, garantindo sete dias semanais de aula. Em 2014, os coreanos gastaram o equivalente a 11 bilhões e 300 milhões de dólares em educação. Outro marcador importante do país é o índice de pessoas alfabetizadas, que chegou aos 97,9%.

 

2 – Japão


O Japão tem como foco dos seus investimentos a educação tecnológica, nas mais diversas áreas do conhecimento.

 

3 – Cingapura

O terceiro lugar foi dado a Cingapura, graças ao seu forte sistema de educação primária.

 

4 – Hong Kong

A educação primária, secundária e o ensino superior do país o fizeram alcançar a 4ª posição. Os alunos são alfabetizados em inglês, chinês e cantonês e menos de 6% da população não sabe ler ou escrever.

 

5 – Finlândia

Anualmente, o país investe mais de 11 bilhões de euros em educação.

 

6 – Reino Unido

Escócia, Irlanda do Norte e Inglaterra trabalham, cada um, em seu próprio sistema de ensino, criando altos marcadores educacionais para todo o Reino Unido.

 

7 – Canadá

Nas escolas canadenses, os alunos são alfabetizados em inglês e francês. O analfabetismo é praticamente inexistente, pois apenas 1% da população não sabe ler ou escrever. A maior parte dos investimentos em educação é voltada para o ensino infantil.

 

8 – Holanda

O país ficou na 8ª posição pois, apesar de ter um sistema educacional exemplar, o ensino médio na Holanda tem diversos pontos a melhorar.

 

9 – Irlanda

O que chama a atenção na Irlanda, além de um índice de alfabetização igual a 99%, é que todo o sistema de ensino, da educação básica à universidade, é gratuito e de alta qualidade.

 

10 – Polônia

O sistema de ensino polonês é sólido e de qualidade, da educação básica até os cursos de graduação.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.