text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Programa de mobilidade vai incentivar intercâmbio na América Latina

      
<p>O programa <strong><a title=Aliança pela Mobilidade Acadêmica Ibero-americana href=https://segib.org/pt/node/10565 target=_blank>Aliança pela Mobilidade Acadêmica Ibero-americana</a></strong> foi uma proposta da Secretaria Geral Ibero-americana dada durante o Encontro de Reitores do Rio de Janeiro, organizado pela Universia, em julho de 2014. Seu objetivo é possibilitar o intercâmbio entre pesquisadores de <strong>22 países da América Latina, Andorra, Espanha e Portugal</strong>.</p><p> </p><blockquote style=text-align: center;><strong>Vai estudar fora? </strong>Veja<strong> </strong>curso online de espanhol com certificação <span style=text-decoration: underline;><a id=SHOPPING class=enlaces_med_ecommerce title=Indicamos: curso online de espanhol com certificação href=https://shopping.universia.com.br/categoria-produto/espanhol/ target=_blank>aqui</a></span></blockquote><p><span style=color: #333333;><strong>Você pode ler também:</strong></span><br/><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Inscrições abertas para bolsas de estudo na Universidade de Cambridge href=https://noticias.universia.com.br/estudar-exterior/noticia/2015/11/19/1133893/inscrices-abertas-bolsas-estudo-universidade-cambridge.html>» <strong>Inscrições abertas para bolsas de estudo na Universidade de Cambridge</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Brics firmam acordo para Universidade em Rede href=https://noticias.universia.com.br/estudar-exterior/noticia/2015/11/26/1134149/brics-firmam-acordo-universidade-rede.html>» <strong>Brics firmam acordo para Universidade em Rede</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Todas as notícias sobre Bolsas de estudo e prêmios href=https://noticias.universia.com.br/estudar-exterior>» <strong>Todas as notícias sobre bolsas de estudo e prêmios</strong></a></p><p> </p><p>A <strong>secretária-geral Ibero-Americana, Rebeca Grynpan</strong>, esteve no Brasil esta semana e, durante um evento no Laboratório de Inovação Cidadã, no Rio de Janeiro, reafirmou a importância do intercâmbio para a formação acadêmica. “A América Latina é a região com menor índice de mobilidade acadêmica no mundo”, disse Rebeca.</p><p> </p><p>Em entrevista ao portal Agência Brasil, a secretaria comentou sobre o programa de mobilidade acadêmica entre países Ibero-americanos e estimou que a iniciativa tenha início no primeiro trimestre de 2016. <strong>“Queremos chegar a 200 mil intercâmbios até 2020”</strong>, afirma.</p><p> </p><p>De acordo com Rebeca, enquanto na Ásia 7,5% dos estudantes têm a oportunidade de viver uma experiência internacional educativa, na América Latina, <strong>apenas 1% dos alunos têm a mesma chance</strong>. Segundo ela, o programa vai possibilitar que, pela primeira vez, um número expressivo de pessoas desses países possa estudar fora, além de criar oportunidades mais acessíveis para estudantes de baixa renda.</p><p> </p><p>A primeira empresa a apoiar o projeto foi da Aliança pela Mobilidade Acadêmica Ibero-americana foi o Banco Santander, <strong><a title=Prêmio Santander Universidades entrega mais de R$ 2 milhões em incentivos à educação href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/23/1133952/premio-santander-universidades-entrega-r-2-milhes-incentivos-educacao.html>que se comprometeu a entregar 40 mil bolsas de estudos até 2018</a></strong>.</p>
Fonte: Shutterstock

O programa Aliança pela Mobilidade Acadêmica Ibero-americana foi uma proposta da Secretaria Geral Ibero-americana dada durante o Encontro de Reitores do Rio de Janeiro, organizado pela Universia, em julho de 2014. Seu objetivo é possibilitar o intercâmbio entre pesquisadores de 22 países da América Latina, Andorra, Espanha e Portugal.

 

Vai estudar fora? Veja curso online de espanhol com certificação aqui

Você pode ler também:

» Inscrições abertas para bolsas de estudo na Universidade de Cambridge
» Brics firmam acordo para Universidade em Rede
» Todas as notícias sobre bolsas de estudo e prêmios

 

A secretária-geral Ibero-Americana, Rebeca Grynpan, esteve no Brasil esta semana e, durante um evento no Laboratório de Inovação Cidadã, no Rio de Janeiro, reafirmou a importância do intercâmbio para a formação acadêmica. “A América Latina é a região com menor índice de mobilidade acadêmica no mundo”, disse Rebeca.

 

Em entrevista ao portal Agência Brasil, a secretaria comentou sobre o programa de mobilidade acadêmica entre países Ibero-americanos e estimou que a iniciativa tenha início no primeiro trimestre de 2016. “Queremos chegar a 200 mil intercâmbios até 2020”, afirma.

 

De acordo com Rebeca, enquanto na Ásia 7,5% dos estudantes têm a oportunidade de viver uma experiência internacional educativa, na América Latina, apenas 1% dos alunos têm a mesma chance. Segundo ela, o programa vai possibilitar que, pela primeira vez, um número expressivo de pessoas desses países possa estudar fora, além de criar oportunidades mais acessíveis para estudantes de baixa renda.

 

A primeira empresa a apoiar o projeto foi da Aliança pela Mobilidade Acadêmica Ibero-americana foi o Banco Santander, que se comprometeu a entregar 40 mil bolsas de estudos até 2018.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.