text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Indiano com paralisia cerebral é PhD em tecnologia

      
Fonte: Shutterstock

Será que existem barreiras para o sucesso? O indiano Akshansh Gupta, de 32 anos, contrariando as previsões de médicos, familiares e de toda uma sociedade, ultrapassou os mais difíceis obstáculos, focado em seu principal objetivo: a educação.

 

Você pode ler também:

» Primeira professora com Síndrome de Down recebe prêmio de educação
» Garota afegã passou 5 anos se vestindo de menino para poder estudar
» Todas as notícias de Educação

 

Quando Gupta nasceu, os médicos pensaram que estava morto, pois seu corpo ficou imóvel durante 4 horas ininterruptas. Foi aí que perceberam que o bebê sofria de paralisia cerebral, uma condição neurológica que afeta de forma intensa a movimentação dos músculos e também a fala.

 

Quando criança, Gupta não conseguia nem mesmo escutar o que as outras pessoas diziam para ele e passava horas olhando fixamente para o mesmo lugar. Na tentativa de desenvolver as habilidades de seu filho, a mãe do garoto o matriculou em uma escola regular, ao invés de colocá-lo em uma instituição focada em pessoas com deficiência.

 

Em entrevista à rede de notícias britância BBC, o indiano contou que as outras crianças subestimavam sua capacidade de aprender e não entendiam como ele podia estar sendo alfabetizado em uma sala de aula para pessoas comuns. “Eu sempre pensava que, se você é determinado, pode alcançar tudo o que quiser. Mas é você mesmo que tem que tomar essa iniciativa, sem ficar esperando que o mundo venha te dar apoio”, disse Gupta.

 

Recentemente, Akshansh Gupta completou seu doutorado pela Universidade Jawaharlal Nehru, uma prestigiada instituição de ensino superior da Índia. Gupta tornou-se PhD em tecnologia cerebral e plataformas que fazem a interface entre o cérebro e computador, para auxiliar e reparar prolemas motores e cognitivos em seres humanos.

 

Para assistir à entrevista completa de Akshansh Gupta à BBC, clique aqui.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.