text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Mais de 50 mil zeraram a redação do Enem 2015

      
Fonte: Universia Brasil

Mais de 50 mil candidatos que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015 tiraram nota zero na prova de redação. O número, no entanto, é menor do que o exame de 2014, quando quase 530 mil alunos não conseguiram pontuar. A diferença, segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, é que no balanço desta edição não foram consideradas as provas nas quais o texto foi deixado em branco.

 

Você pode ler também:

» Matemática é disciplina com maior nota no Enem 2015
» “Corretor de redação do Enem leva cerca de 2 minutos por prova”, diz professor
» Todas as notícias sobre o Enem 2015

 

A redação do Enem é zerada pelos corretores quando o candidato não respeita o tema e o tipo de texto exigidos pela prova; quando faz desenhos ou escreve informações que não façam sentido; quando deixa o espaço da redação em branco; quando desrespeita os Direitos Humanos; quando escreve um texto com menos de sete linhas.

 

Nota máximo na redação do Enem

Ao todo,104 estudantes tiraram nota mil na prova de redação do Enem. A maioria dos candidatos (quase 2 milhões) ficou com uma média de pontos entre 501 e 600, e outros 1,4 milhão conseguiram pontuação superior a 600.

 

Em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (11), o ministro Aloizio Mercadante também disse que foram identificados 55 textos de mulheres que relatavam casos de violência. “Nós verificamos em muitas redações depoimentos muito preocupantes de pessoas que foram assediadas, estupradas ou testemunhas de casos de violência. Em muitos destes casos a violência está muito próxima. A redação foi um grande momento de reflexão não só para os participantes, mas para toda sociedade”, disse Mercadante.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.