text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

2,8 milhões de crianças brasileiras estão fora das escolas, segundo dados da Pnad

      
<p><em>Notícia atualizada em 20 de janeiro, às 16h45</em></p><p>Segundo a <strong><a title=Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2014 href=https://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/trabalhoerendimento/pnad2014/default.shtm target=_blank>Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2014</a></strong>, divulgada na terça-feira (19), <strong><a title=Mais de 10 milhões de crianças não vão à escola devido a conflitos, aponta UNICEF href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/09/04/1130841/10-milhes-criancas-vao-escola-devido-conflitos-aponta-unicef.html>2,8 milhões de crianças e jovens brasileiros, de 4 a 17 anos, estão fora das escolas</a></strong>. Esse número representa um percentual de 6,2% dos estudantes dessa faixa etária.</p><p> </p><p><span style=color: #333333;><strong>Você pode ler também:</strong></span><br/><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Crianças em orfanatos têm notas melhores do que em lares problemáticos href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/12/01/1134303/criancas-orfanatos-notas-melhores-lares-problematicos.html>» <strong>Crianças em orfanatos têm notas melhores do que em lares problemáticos</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=10 melhores países para estudar href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/30/1134261/10-melhores-paises-estudar.html>» <strong>10 melhores países para estudar</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Todas as notícias de Educação href=https://noticias.universia.com.br/educacao>» <strong>Todas as notícias de Educação</strong></a></p><p> </p><p>Quando comparado a dados de pesquisas antigas, o resultado, apesar de não representar o cenário adequado, é positivo. Em 2005, por exemplo, o total de alunos de 4 a 17 anos que frequentavam a escola era de 89,5%.</p><p> </p><p><strong>Educação Básica</strong><br/><br/> Considerando somente as crianças da educação básica, o número de matriculados na pré-escola aumentou 17 pontos percentuais. Em 2014, eram 4,9 milhões, o que representa 89,1% dos estudantes, contra 4,8 milhões em 2005 (72,5%). A análise dos dados da Pnad foi feita pela ONG <strong><a title=Todos pela Educação href=https://www.todospelaeducacao.org.br/ target=_blank>Todos pela Educação</a></strong>.</p><p> </p><p><strong>Ensino Médio</strong></p><p><br/> O ensino médio, no entanto, tem números um pouco mais preocupantes. De acordo com a Pnad, 17,4% dos adolescentes de 15 a 17 anos não estão frequentando o colégio, índice que aumentou de 2013 para 2014. Entre os fatores do abandono escolar, que já conta com uma taxa média de 7,6% no Brasil, está o desinteresse e a reprovação dos estudantes.</p><p> </p><p><strong>Plano Nacional de Educação</strong><br/><br/> A partir de 2016, toda a rede de ensino do país deverá passar a cumprir as metas do<strong> Plano Nacional de Educação (PNE)</strong>, que devem ser alcançadas até 2022 e tem como objetivo erradicar alguns problemas do setor. O plano conta com um total de 20 metas, que contemplam obrigações como a alfabetização de toda criança até os 8 anos de idade e ter todos os alunos de 4 a 17 anos na escola . Para conhecer cada uma delas, <strong><a title=Plano Nacional de Educação (PNE) href=https://pne.mec.gov.br/images/pdf/pne_conhecendo_20_metas.pdf target=_blank>clique aqui</a></strong>.</p>
Fonte: Shutterstock

Notícia atualizada em 20 de janeiro, às 16h45

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2014, divulgada na terça-feira (19), 2,8 milhões de crianças e jovens brasileiros, de 4 a 17 anos, estão fora das escolas. Esse número representa um percentual de 6,2% dos estudantes dessa faixa etária.

 

Você pode ler também:

» Crianças em orfanatos têm notas melhores do que em lares problemáticos
» 10 melhores países para estudar
» Todas as notícias de Educação

 

Quando comparado a dados de pesquisas antigas, o resultado, apesar de não representar o cenário adequado, é positivo. Em 2005, por exemplo, o total de alunos de 4 a 17 anos que frequentavam a escola era de 89,5%.

 

Educação Básica

Considerando somente as crianças da educação básica, o número de matriculados na pré-escola aumentou 17 pontos percentuais. Em 2014, eram 4,9 milhões, o que representa 89,1% dos estudantes, contra 4,8 milhões em 2005 (72,5%). A análise dos dados da Pnad foi feita pela ONG Todos pela Educação.

 

Ensino Médio


O ensino médio, no entanto, tem números um pouco mais preocupantes. De acordo com a Pnad, 17,4% dos adolescentes de 15 a 17 anos não estão frequentando o colégio, índice que aumentou de 2013 para 2014. Entre os fatores do abandono escolar, que já conta com uma taxa média de 7,6% no Brasil, está o desinteresse e a reprovação dos estudantes.

 

Plano Nacional de Educação

A partir de 2016, toda a rede de ensino do país deverá passar a cumprir as metas do Plano Nacional de Educação (PNE), que devem ser alcançadas até 2022 e tem como objetivo erradicar alguns problemas do setor. O plano conta com um total de 20 metas, que contemplam obrigações como a alfabetização de toda criança até os 8 anos de idade e ter todos os alunos de 4 a 17 anos na escola . Para conhecer cada uma delas, clique aqui.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.