text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Let’s Talk: 5 gafes mais cometidas na escrita e fala em inglês

      
<p>Existem alguns <strong><a title=Let’s Talk: como sair do nível básico de inglês? 14 de Dezembro de 2015 href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/12/14/1134704/lets-talk-sair-nivel-basico-ingles.html>erros em inglês que são bastante recorrentes</a></strong>. Nesta edição da coluna, vamos analisar alguns erros da escrita e da fala para entendermos a forma correta de utilizar a língua, além de <strong><a title=Let’s Talk: expressões comuns em filmes e séries em inglês href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/25/1134060/lets-talk-expresses-comuns-filmes-series-ingles.html>entender por que essas expressões estão incorretas</a></strong>.</p><p> </p><p><span style=color: #333333;><strong>Veja também:<br/></strong></span><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Siga a coluna Let's Talk href=https://noticias.universia.com.br/tag/coluna-Lets-talk/>» <strong>Siga a coluna Let's Talk</strong></a></p><p> </p><p>Embora os erros a seguir possam ser cometidos tanto na escrita quanto na fala, separamos em duas categorias para destacarmos <strong>palavras cujas grafias e pronúncias são semelhantes</strong>.</p><p> </p><p><strong>ESCRITA <em>(sons semelhantes)</em></strong><br/><br/><strong>Your X You’re</strong><br/><br/> Your é um pronome possessivo, que indica seu, sua, seus, suas. Como nas frases “What’s your name?” (Qual é o seu nome?), ou “Your mother is very strict”, (Sua mãe é muito rigorosa). Para identificar se esse pronome deve ser traduzido para o masculino, feminino, singular ou plural, basta atentar-se ao substantivo que vem na sequência.</p><p> </p><p>You’re é o pronome “você” (ou “vocês”) seguido do verbo ser ou estar conjugado. Neste caso, está utilizado na forma contraída do verbo “are”. “You’re a very strict mother” (Você é uma mãe muito rigorosa) e “You’re late” (Você está atrasado). Novamente, para identificar se estamos nos referindo ao singular, ao plural ou aos verbos ser e estar, é preciso atentar-se à continuação da frase e ao contexto a que ela se refere.</p><p> </p><p><strong>Its X It’s</strong><br/><br/> Its é um pronome possessivo da terceira pessoa do singular, utilizado para se referir a objetos, animais, países, enfim, qualquer substantivo que não seja uma pessoa. “Brazil is a very big country. Its population is over 200 million.” (O Brasil é um país muito grande, sua população ultrapassa os 200 milhões).</p><p> </p><p>It’s são duas palavras: it is. It é o pronome da terceira pessoa do singular do caso reto (ele, ela), que não se refere a pessoas. Este pronome não indica gênero, uma vez que, na língua inglesa, não é possível dizermos se um objeto é masculino ou feminino. Is é o verbo ser ou estar conjugado. Aqui contraído para a forma ‘s. Na maioria das vezes, o it não é traduzido, como na frase “It’s hot today.” (Está quente hoje).</p><p> </p><p><strong>Hear X Here</strong><br/><br/> Hear é o verbo “ouvir”. “Can you hear me?” (Você está me ouvindo?).</p><p> </p><p>Here é o advérbio “aqui”. “Can you come here, please?” (Você pode vir aqui, por favor?).</p><p> </p><p><strong>Than X Then</strong><br/><br/> Than significa “do que” ou “que” em frases comparativas. “Canada is bigger than the USA.” (O Canadá é maior do que os EUA). É importante lembrar que essa palavra só é utilizada em comparações diretas. Em frases como “Kate’s hair is short, but mine is shorter” (O cabelo da Kate é curto, mas o meu é mais) não pode ser utilizada.</p><p> </p><p>Then, por outro lado, é um advérbio que pode significar “então” (“I’ll do it, then.” – Então eu faço) ou “depois” (I’ll have lunch then I’ll call him” – Vou almoçar, depois ligo pra ele).</p><p> </p><p><strong>To X Too X Two</strong></p><p>To pode ser parte do infinitivo de um verbo (“I want to travel next weekend.” – Quero viajar no próximo final de semana) ou uma preposição (“Let’s go to the movies.” – Vamos ao cinema).</p><p> </p><p>Too pode significar “demais”, sempre utilizado com um adjetivo (“It’s too hot!” – Está quente demais!) ou “também,” sempre no final da frase, depois de vírgula (“She will buy a car, too.” – Ela vai comprar um carro também).</p><p> </p><p>Two é o número “dois”. (“He has two kids.” – Ele tem dois filhos).</p><p> </p><p><strong>NA FALA <em>(emprego incorreto)</em></strong></p><p><strong>I am 17 years old X I have 17 years old</strong><br/><em>Eu tenho 17 anos</em></p><p>É muito comum ouvirmos falantes não nativos de inglês utilizarem a segunda frase (incorreta) por associar a idade ao verbo ter (have). Porém, na língua inglesa, não dizemos que a pessoa tem determinada idade, mas “quão velha” a ela é, mesmo que seja um bebê de meses de idade. Lembre-se da pergunta “How old are you?” (Quantos anos você tem?) que, na tradução literal, quer dizer “Quão velho você é?” Ou seja, sempre utilizamos o verbo to be para falar sobre a idade de alguém, como em “She is 4 years old.” (Ela tem 4 anos).</p><p> </p><p><strong>There’s a student in the classroom X Have a student in the classroom</strong><br/><em>Há um aluno na sala de aula</em></p><p>O verbo “have”, utilizado na segunda frase (incorreta) significa “ter.” É sempre necessário que seja indicado o sujeito que tem (possui) determinado objeto, como em “I have a daughter” (Eu tenho uma filha). Enquanto “there is” (There to be, que pode ser conjugado em qualquer tempo verbal – There is / There are / There was / There will be...) significa haver, existir. Muitas vezes, na linguagem informal, traduzimos a expressão utilizando o verbo ter, o que explica a confusão. “There are 3 bathrooms.” (Têm 3 banheiros).</p><p> </p><p><strong>I’ve been to London many times X I’ve gone to London many times</strong><br/><em>Eu estive um Londres muitas vezes</em></p><p>Quando dizemos que já fomos a algum lugar (estivemos em algum lugar) devemos utilizar a expressão “have been,” o que significa que fomos, mas já estamos de volta. Utilizar “have gone” é possível, mas não no contexto da frase acima. Um exemplo é “Mary has gone to the bank.” (A Mary foi ao banco), que significa que ela ainda está lá no banco.</p><p> </p><p><strong>My father has a new job X My father has a new work</strong><br/><em>Meu pai tem um emprego novo</em></p><p>Job é um substantivo, que significa “emprego, trabalho” e se refere ao papel ou a posição que exerce. Na frase acima, por exemplo, embora não seja citado o cargo, sabemos que o sujeito ocupa um cargo dentro de uma empresa.</p><p> </p><p>Work pode ser (mais comumente utilizado) o verbo trabalhar. Por exemplo, “My father works a lot.” (Meu pai trabalha muito). Em alguns casos, também pode ser o substantivo “trabalho”, como na frase “I have a lot of work to do” (Tenho muito trabalho a fazer).</p><p> </p><p><strong>Every day I have a new challenge X Every days I have a new challenge</strong><br/><em>Todos os dias eu tenho um novo desafio</em></p><p>Every é um adjetivo que significa que todas as pessoas ou coisas estão inclusas (todo, todos). Em inglês, essa palavra deve sempre ser seguida de um substantivo no singular, assim como o verbo deve respeitar essa regra e ser conjugado no singular, como na frase “Every chair is red.” (Todas as cadeiras são vermelhas).</p><p> </p><p>Embora os idiomas tenham semelhanças, as particularidades de cada um não nos permite fazer, como nos casos acima, <strong>traduções literais</strong>. Portanto, atente-se a essas dicas!</p><p> </p><p><img src=https://noticias.universia.com.br/net/images/educacion/r/ro/rod/rodape-novo.jpg alt=width=undefined height=undefined/></p><p> </p>
Fonte: Shutterstock

Existem alguns erros em inglês que são bastante recorrentes. Nesta edição da coluna, vamos analisar alguns erros da escrita e da fala para entendermos a forma correta de utilizar a língua, além de entender por que essas expressões estão incorretas.

 

Veja também:

» Siga a coluna Let's Talk

 

Embora os erros a seguir possam ser cometidos tanto na escrita quanto na fala, separamos em duas categorias para destacarmos palavras cujas grafias e pronúncias são semelhantes.

 

ESCRITA (sons semelhantes)

Your X You’re

Your é um pronome possessivo, que indica seu, sua, seus, suas. Como nas frases “What’s your name?” (Qual é o seu nome?), ou “Your mother is very strict”, (Sua mãe é muito rigorosa). Para identificar se esse pronome deve ser traduzido para o masculino, feminino, singular ou plural, basta atentar-se ao substantivo que vem na sequência.

 

You’re é o pronome “você” (ou “vocês”) seguido do verbo ser ou estar conjugado. Neste caso, está utilizado na forma contraída do verbo “are”. “You’re a very strict mother” (Você é uma mãe muito rigorosa) e “You’re late” (Você está atrasado). Novamente, para identificar se estamos nos referindo ao singular, ao plural ou aos verbos ser e estar, é preciso atentar-se à continuação da frase e ao contexto a que ela se refere.

 

Its X It’s

Its é um pronome possessivo da terceira pessoa do singular, utilizado para se referir a objetos, animais, países, enfim, qualquer substantivo que não seja uma pessoa. “Brazil is a very big country. Its population is over 200 million.” (O Brasil é um país muito grande, sua população ultrapassa os 200 milhões).

 

It’s são duas palavras: it is. It é o pronome da terceira pessoa do singular do caso reto (ele, ela), que não se refere a pessoas. Este pronome não indica gênero, uma vez que, na língua inglesa, não é possível dizermos se um objeto é masculino ou feminino. Is é o verbo ser ou estar conjugado. Aqui contraído para a forma ‘s. Na maioria das vezes, o it não é traduzido, como na frase “It’s hot today.” (Está quente hoje).

 

Hear X Here

Hear é o verbo “ouvir”. “Can you hear me?” (Você está me ouvindo?).

 

Here é o advérbio “aqui”. “Can you come here, please?” (Você pode vir aqui, por favor?).

 

Than X Then

Than significa “do que” ou “que” em frases comparativas. “Canada is bigger than the USA.” (O Canadá é maior do que os EUA). É importante lembrar que essa palavra só é utilizada em comparações diretas. Em frases como “Kate’s hair is short, but mine is shorter” (O cabelo da Kate é curto, mas o meu é mais) não pode ser utilizada.

 

Then, por outro lado, é um advérbio que pode significar “então” (“I’ll do it, then.” – Então eu faço) ou “depois” (I’ll have lunch then I’ll call him” – Vou almoçar, depois ligo pra ele).

 

To X Too X Two

To pode ser parte do infinitivo de um verbo (“I want to travel next weekend.” – Quero viajar no próximo final de semana) ou uma preposição (“Let’s go to the movies.” – Vamos ao cinema).

 

Too pode significar “demais”, sempre utilizado com um adjetivo (“It’s too hot!” – Está quente demais!) ou “também,” sempre no final da frase, depois de vírgula (“She will buy a car, too.” – Ela vai comprar um carro também).

 

Two é o número “dois”. (“He has two kids.” – Ele tem dois filhos).

 

NA FALA (emprego incorreto)

I am 17 years old X I have 17 years old
Eu tenho 17 anos

É muito comum ouvirmos falantes não nativos de inglês utilizarem a segunda frase (incorreta) por associar a idade ao verbo ter (have). Porém, na língua inglesa, não dizemos que a pessoa tem determinada idade, mas “quão velha” a ela é, mesmo que seja um bebê de meses de idade. Lembre-se da pergunta “How old are you?” (Quantos anos você tem?) que, na tradução literal, quer dizer “Quão velho você é?” Ou seja, sempre utilizamos o verbo to be para falar sobre a idade de alguém, como em “She is 4 years old.” (Ela tem 4 anos).

 

There’s a student in the classroom X Have a student in the classroom
Há um aluno na sala de aula

O verbo “have”, utilizado na segunda frase (incorreta) significa “ter.” É sempre necessário que seja indicado o sujeito que tem (possui) determinado objeto, como em “I have a daughter” (Eu tenho uma filha). Enquanto “there is” (There to be, que pode ser conjugado em qualquer tempo verbal – There is / There are / There was / There will be...) significa haver, existir. Muitas vezes, na linguagem informal, traduzimos a expressão utilizando o verbo ter, o que explica a confusão. “There are 3 bathrooms.” (Têm 3 banheiros).

 

I’ve been to London many times X I’ve gone to London many times
Eu estive um Londres muitas vezes

Quando dizemos que já fomos a algum lugar (estivemos em algum lugar) devemos utilizar a expressão “have been,” o que significa que fomos, mas já estamos de volta. Utilizar “have gone” é possível, mas não no contexto da frase acima. Um exemplo é “Mary has gone to the bank.” (A Mary foi ao banco), que significa que ela ainda está lá no banco.

 

My father has a new job X My father has a new work
Meu pai tem um emprego novo

Job é um substantivo, que significa “emprego, trabalho” e se refere ao papel ou a posição que exerce. Na frase acima, por exemplo, embora não seja citado o cargo, sabemos que o sujeito ocupa um cargo dentro de uma empresa.

 

Work pode ser (mais comumente utilizado) o verbo trabalhar. Por exemplo, “My father works a lot.” (Meu pai trabalha muito). Em alguns casos, também pode ser o substantivo “trabalho”, como na frase “I have a lot of work to do” (Tenho muito trabalho a fazer).

 

Every day I have a new challenge X Every days I have a new challenge
Todos os dias eu tenho um novo desafio

Every é um adjetivo que significa que todas as pessoas ou coisas estão inclusas (todo, todos). Em inglês, essa palavra deve sempre ser seguida de um substantivo no singular, assim como o verbo deve respeitar essa regra e ser conjugado no singular, como na frase “Every chair is red.” (Todas as cadeiras são vermelhas).

 

Embora os idiomas tenham semelhanças, as particularidades de cada um não nos permite fazer, como nos casos acima, traduções literais. Portanto, atente-se a essas dicas!

 

 


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.