text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Lei de combate ao bullying passa a valer nesta semana

      
<p>A partir desta semana, passa a valer a lei que institui o <strong>Programa de Combate à Intimidação Sistemática</strong>, cujo objetivo é conscientizar e <strong><a title=Professor: aprenda a combater o bullying durante as aulas href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/12/1133584/professor-aprenda-combater-bullying-durante-aulas.html>prevenir o bullying em escolas, clubes e outros espaços de convivência social, educativa e recreativa</a></strong>. Por meio do programa serão lançadas campanhas de orientação, e também será oferecida ajuda psicológica e jurídica às vítimas e agressores.</p><p> </p><p><span style=color: #333333;><strong>Você pode ler também:</strong></span><br/><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Crianças hiperativas e com déficit de atenção sofrem mais bullying, diz estudo href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/26/1134162/criancas-hiperativas-deficit-atencao-sofrem-bullying-diz-estudo.html>» <strong>Crianças hiperativas e com déficit de atenção sofrem mais bullying, diz estudo</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Bullying homofóbico pode afetar futuro profissional dos alunos href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/25/1134102/bullying-homofobico-pode-afetar-futuro-profissional-alunos.html>» <strong>Bullying homofóbico pode afetar futuro profissional dos alunos</strong></a><br/><a style=color: #ff0000; text-decoration: none; text-weight: bold; title=Todas as notícias de Educação href=https://noticias.universia.com.br/educacao>» <strong>Todas as notícias de Educação</strong></a></p><p> </p><p>No texto, o termo bullying é definido como qualquer ato de violência psicológica ou física que seja intencional, recorrente e sem motivação aparente, praticado por um indivíduo ou grupo com o objetivo de agredir ou intimidar, causando prejuízos à vítima, em uma relação de desigualdade de poder.</p><p> </p><p>Entre as propostas de ações está a capacitação de docentes e educadores, para que saibam lidar com o problema, promovendo discussões e projetos de prevenção, com o objetivo de coibir os ataques. Quando se trata da punição dos agressores, <strong><a title=Entender o bullying é mais eficiente do que punir, indica artigo href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2015/11/23/1133910/entender-bullying-eficiente-punir-indica-artigo.html>a lei prevê que ela seja evitada ao máximo, tendo como prioridade medida alternativas</a></strong>, que atuem ativamente numa mudança comportamental e na sensação de responsabilidade.</p><p> </p><p>Também está prevista no texto a <strong>realização de relatórios de ocorrências</strong> municipais e estaduais, que devem ser publicadas a cada 2 meses.</p>
Fonte: Shutterstock

A partir desta semana, passa a valer a lei que institui o Programa de Combate à Intimidação Sistemática, cujo objetivo é conscientizar e prevenir o bullying em escolas, clubes e outros espaços de convivência social, educativa e recreativa. Por meio do programa serão lançadas campanhas de orientação, e também será oferecida ajuda psicológica e jurídica às vítimas e agressores.

 

Você pode ler também:

» Crianças hiperativas e com déficit de atenção sofrem mais bullying, diz estudo
» Bullying homofóbico pode afetar futuro profissional dos alunos
» Todas as notícias de Educação

 

No texto, o termo bullying é definido como qualquer ato de violência psicológica ou física que seja intencional, recorrente e sem motivação aparente, praticado por um indivíduo ou grupo com o objetivo de agredir ou intimidar, causando prejuízos à vítima, em uma relação de desigualdade de poder.

 

Entre as propostas de ações está a capacitação de docentes e educadores, para que saibam lidar com o problema, promovendo discussões e projetos de prevenção, com o objetivo de coibir os ataques. Quando se trata da punição dos agressores, a lei prevê que ela seja evitada ao máximo, tendo como prioridade medida alternativas, que atuem ativamente numa mudança comportamental e na sensação de responsabilidade.

 

Também está prevista no texto a realização de relatórios de ocorrências municipais e estaduais, que devem ser publicadas a cada 2 meses.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.