Notícias

4 mitos sobre cursos universitários

      
Fonte: Shutterstock

Antes de ingressar em uma instituição de ensino superior, é comum que os os estudantes escutem mitos sobre os cursos universitários, o pode fazer com que tenham medo de realizar a escolha errada. A formação universitária abre muitas portas para os profissionais recém-formados e, por isso, é de grande importância. Para que você consiga entender mais sobre os cursos universitários, descubra quais são os principais mitos:

Encontre o curso ideal para você aqui

Você pode ler também:
» 4 maneiras de estimular a capacidade de argumentação dos estudantes
» Estudantes que aprendem online têm melhor desempenho, diz estudo
» Todas as notícias de Educação

 

1 – Há cursos mais fáceis que outros

É comum que os cursos universitários sejam classificados em fáceis e difíceis. No entanto, tenha em mente que isso não é verdade. Cada um terá os desafios próprios e obrigará que você estude bastante para conseguir aprender e obter boas notas. Todos os cursos são igualmente importantes e, por isso, não devem ser desmerecidos.

 

2 – Você precisa trabalhar na área em que está se graduando

A maior parte dos cursos oferece uma gama grande de áreas de atuação, sendo que algumas delas não são as primeiras que vem à mente dos estudantes quando ingressam na universidade. Também é possível que você consiga oportunidades em áreas completamente diferentes daquelas relacionadas ao curso em que se formou e, mesmo assim, ser bem-sucedido.

 

3 – Não troque de curso muitas vezes

Esse é mais um dos mitos comuns sobre cursos universitários! É possível que você comece um curso e pense em desistir por não ter feito a escolha certa. Você pode – e deve – tomar essa atitude. Não tenha medo de trocar de curso buscando sua realização pessoal. É melhor que você repense suas escolhas do que insistir em uma área em que você não consegue se imaginar trabalhando por muito tempo.

 

4 – Seu diploma é muito importante para os contratadores

A universidade com certeza é um espaço que abre portas para os estudantes e faz com que consigam se inserir mais facilmente no mercado de trabalho. No entanto, no momento de realizar uma entrevista de emprego, o recrutador irá se pautar muito em você e não na instituição em que se formou. Por isso, mesmo que você não entre na universidade dos seus sonhos, fique tranquilo! Você poderá ter boas oportunidades profissionais da mesma forma.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.