text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Chineses que colarem no vestibular serão presos

      
Fonte: Shutterstock

A punição para quem colar em vestibulares na China será bem pior do que uma eliminação da competição por uma vaga na universidade. A partir deste ano, os alunos que olharem a prova de outros candidatos ou trapacearem durante o exame poderão ser condenados a sete anos de prisão. A medida radical tem como objetivo evitar que aconteçam injustiças. A informação é de um canal de notícias do país.

 

Você pode ler também:
» Japonês de 96 anos é a pessoa mais velha a concluir uma graduação
» Estudante do MIT usa matemática para criar origamis incríveis
» Todas as notícias de Educação

 

Além da prisão para os que colarem nas avaliações, os candidatos que desrespeitarem ou burlarem as normas do vestibular podem ser proibidos de prestar qualquer outra prova de ingresso ao ensino superior por até três anos.

 

Na China, os alunos do ensino médio que desejam começar um curso universitário prestam o gaokao, uma espécie de Enem chinês. Neste ano, o exame recebeu 9,4 milhões de inscrições. As provas do gaokao foram aplicadas nesta semana.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.