text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Ciências humanas têm maior número de cursos universitários em inglês no Brasil

      
Um <strong>levantamento inédito encomendado pelo British Council e a Associação Brasileira de Educação Internacional (Faubai)</strong> apontou que 671 cursos ministrados em instituições de ensino superior oferecem <a href=https://noticias.universia.com.br/educacao/noticia/2016/03/28/1137749/curso-gratis-ingles-universitarios-pos-graduandos.html title=Curso grátis de inglês para universitários e pós-graduandos>aulas em inglês em seu currículo acadêmico</a>. O professor Carlos Vergani, da Unesp, liderou a pesquisa.<br/><br/><p><span style=color: #333333;><strong>Você pode ler também:</strong></span><br/><a href=https://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2016/02/22/1136578/educacao-distancia-cresce-brasil-segundo-censo-mec.html title=Educação a distância é a que mais cresce no Brasil, segundo censo do MEC>» <strong>Educação a distância é a que mais cresce no Brasil, segundo censo do MEC</strong></a><br/><a href=https://noticias.universia.com.br/estudar-exterior/noticia/2016/08/12/1142725/mec-faz-proposta-intercambio-alunos-eua.html title=MEC faz proposta para intercâmbio de alunos para os EUA>» <strong>MEC faz proposta para intercâmbio de alunos para os EUA</strong></a><br/><a href=https://noticias.universia.com.br/educacao title=Todas as notícias de Educação>» <strong>Todas as notícias de Educação<br/><br/></strong></a></p><p><strong>Internacionalização do ensino superior</strong></p><p>O objetivo do estudo é mapear os cursos que oferecem aulas no idioma aqui no Brasil e desenvolver um guia, listando todas as oportunidades. A publicação visa, principalmente,<strong> atrair mais estudantes estrangeiros para o País</strong>.<br/><br/></p><p>Foram selecionadas 270 universidades brasileiras para participara da pesquisa, que foram escolhidas segundo o critério de internacionalização. Desse total, 90 instituições responderam o questionário enviado pela equipe do professor Vergani.<br/><br/></p><p><strong>Cursos em inglês</strong></p><p>Segundo o levantamento, <strong>os cursos de curta duração são os que mais oferecem aulas em inglês no Brasil</strong>, o que corresponde a um percentual de 62%. Já na graduação, 201 matérias são lecionadas em língua inglesa, além de um curso completo no idioma: administração de empresas na Faculdade Getúlio Vargas, que teve início em 2015.<br/><br/></p><p>Na pós-graduação, foram detectadas 45 disciplinas e 6 programas completos em inglês.<br/><br/></p><p><strong>Áreas mais internacionalizadas</strong></p><p>As Ciências Humanas dispararam na frente com maior número de cursos em inglês. Ciências sociais aplicadas e linguística, letras e artes são as duas <strong>áreas do conhecimento com mais aulas no idioma estrangeiro</strong>, com 32% e 21% dos cursos, respectivamente.<br/><br/></p><p>Na sequência vieram as áreas da saúde e das ciências exatas e geociências, amabas com 8%. Ciências Agrárias e Engenharia, com 7% e 6%, também aparecem no ranking.<br/><br/></p><p><strong>Universidade mais internacionalizada</strong></p><p>Segundo o <a href=https://ruf.folha.uol.com.br/ title=Ranking Universitário da Folha (RUF) target=_blank>Ranking Universitário da Folha (RUF)</a>, a universidade com maior índice de internacionalização é a Universidade Federal do ABC (UFABC). Além de ter 103 disciplinas em inglês, a universidade tem a <strong>maior proporção de professores estrangeiros em relação ao corpo docente</strong>.</p>
Fonte: Shutterstock
Um levantamento inédito encomendado pelo British Council e a Associação Brasileira de Educação Internacional (Faubai) apontou que 671 cursos ministrados em instituições de ensino superior oferecem aulas em inglês em seu currículo acadêmico. O professor Carlos Vergani, da Unesp, liderou a pesquisa.

Você pode ler também:
» Educação a distância é a que mais cresce no Brasil, segundo censo do MEC
» MEC faz proposta para intercâmbio de alunos para os EUA
» Todas as notícias de Educação

Internacionalização do ensino superior

O objetivo do estudo é mapear os cursos que oferecem aulas no idioma aqui no Brasil e desenvolver um guia, listando todas as oportunidades. A publicação visa, principalmente, atrair mais estudantes estrangeiros para o País.

Foram selecionadas 270 universidades brasileiras para participara da pesquisa, que foram escolhidas segundo o critério de internacionalização. Desse total, 90 instituições responderam o questionário enviado pela equipe do professor Vergani.

Cursos em inglês

Segundo o levantamento, os cursos de curta duração são os que mais oferecem aulas em inglês no Brasil, o que corresponde a um percentual de 62%. Já na graduação, 201 matérias são lecionadas em língua inglesa, além de um curso completo no idioma: administração de empresas na Faculdade Getúlio Vargas, que teve início em 2015.

Na pós-graduação, foram detectadas 45 disciplinas e 6 programas completos em inglês.

Áreas mais internacionalizadas

As Ciências Humanas dispararam na frente com maior número de cursos em inglês. Ciências sociais aplicadas e linguística, letras e artes são as duas áreas do conhecimento com mais aulas no idioma estrangeiro, com 32% e 21% dos cursos, respectivamente.

Na sequência vieram as áreas da saúde e das ciências exatas e geociências, amabas com 8%. Ciências Agrárias e Engenharia, com 7% e 6%, também aparecem no ranking.

Universidade mais internacionalizada

Segundo o Ranking Universitário da Folha (RUF), a universidade com maior índice de internacionalização é a Universidade Federal do ABC (UFABC). Além de ter 103 disciplinas em inglês, a universidade tem a maior proporção de professores estrangeiros em relação ao corpo docente.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.