text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

O que comer e beber às vésperas do Enem 2016

      
Fonte: Universia Brasil
Universia Enem: conheça a plataforma digital e gratuita de estudos para o Enem

Como garantir que a sua alimentação não prejudique você na hora de realizar as provas do Enem 2016, que acontecem nos dias 5 e 6 de novembro. Para ajudar, a Universia Brasil indica a seguir aspectos fundamentais da alimentação que são capazes de ajudar na revisão dos estudos.

Leia também:
» Todas as dicas de estudo para o Enem 2016

Em primeiro lugar, entenda que o principal objetivo com uma boa alimentação é aumentar a concentração do estudante. Artifícios como balinhas e chocolates podem até ser uma opção na hora do exame, porém, como o carboidrato é de alta absorção, acaba sendo consumido rapidamente. O ideal é investir em uma alimentação balanceada para que a energia dure.

Confira abaixo todas as dicas de alimentação antes das provas do Enem 2016:

1. Café da manhã
Essa refeição é fundamental. Frutas e cereais integrais fornecem energia de absorção lenta, que não deixará você com sono momentos depois. Também é bom apostar em iogurte com frutas, castanhas ou mesmo uma omelete com tomate, queijo e suco.

2. Regularidade durante o dia
Passar mais de 3 horas sem comer é um "veneno" para o corpo. É preciso manter as concentrações de glicose plasmática constantes. Nosso cérebro funciona a base deste nutriente. Frutas, iogurte e torrada integral são boas opções para aguentar até a hora do almoço. Mas atenção: é bom não abusar nas quantidades. Quantidades muito grandes ou alimentos de difícil digestão podem deixar o estudante sonolento.

3. Água
Não se esqueça da água. A água é fundamental para que todas as reações químicas ocorram da maneira correta. Além disso, também reduz a fadiga e ajuda o cérebro a trabalhar. Leve uma garrafinha com você para a prova.

4. Cafeína limitada
Embora a cafeína seja estimulante, o excesso dela pode surtir o efeito contrário deixando o candidato ansioso. Cafeína em excesso pode deixar o estudante agitado, irrequieto e nervoso. Também vai atrapalhar o sono dele.

E no dia da prova do Enem? O que comer? A regra é simples: esqueça as novidades, não invente moda. Esse não será o momento para você comer em locais diferentes do habitual ou até comprar a última novidade da indústria alimentícia. Atenha-se ao que já está acostumado e ao que funciona para você. Não vá correr o risco de passar mal bem no dia da prova.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.