text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Questão do Enem 2016 não diz que mulher tem que limpar a lua, critica professor

      

Universia Enem: plataforma gratuita de estudos

Conheça aqui a plataforma

O Enem 2016 manteve o seu padrão. Temas como empoderamento feminino, direitos humanos e direitos civis surgiram como eixos temáticos nas provas de filosofia, sociologia e história aplicadas neste sábado (5).

Leia também:
» Veja gabarito e correção primeiro dia Enem 2016
» Gabaritos de todos os cadernos primeiro dia Enem 2016
» Tudo sobre as provas do Enem 2016

Em uma questão aparecia um comercial de 1968 de produtos de limpeza dizendo que as mulheres "limpariam a lua no futuro". A questão gerou uma série de manifestações nas redes sociais com direito a críticas, elogios e piadas.

Para o professor Rodolfo Neves, do curso Poliedro, de São Paulo, trata-se de uma crítica fundamentada na manutenção do estereótipo de gênero. “É importante notar que o ano que ilustra o cartaz publicitário é de 1968. Trata-se do ano da explosão dos movimentos dos jovens no ocidente e no bloco soviético, além do início do movimento feminista. Com essa questão o Enem nada mais fez do que uma comparação de contexto histórico de um início de um processo de empoderamento feminino”, disse.

“Ao contrário do que muitos estudantes estão comentando nas redes sociais não é uma questão que defende uma visão de que a mulher tem que limpar a lua. Mostra que nós não conseguimos vencer esse estereótipo até hoje. Mostra que ainda temos uma sociedade machista patriarcal”, completou.

Para o professor, foi uma prova coerente com o que o Enem pede. "O estudante que não tinha o mínimo conhecimento de direitos humanos não se deu bem. O Enem sempre aborda os grupos minoritários. Quem fez o Enem nos últimos anos não notou muita diferença. As provas pareciam fáceis, mas não estavam fáceis. A verdade é que o Enem adotou um padrão”, finalizou.

No domingo (6), os candidatos farão as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática. Ao final de cada dia de prova, a partir das 19h, os professores do Oficina do Estudante estarão em uma maratona de correção que será publicada em tempo real. Todos os resultados estarão no portal e nas páginas da Universia Brasil no Facebook e no Twitter. Quem quiser pode enviar suas próprias dúvidas via Twitter para o perfil @UniversiaBrasil e com a hashtag #UniversiaNoEnem.


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.