text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

Entrando no mercado de trabalho: o que as empresas buscam nos recém-formados?

      
Empresas têm prestado mais atenção em conjunto de habilidades
Empresas têm prestado mais atenção em conjunto de habilidades  |  Fonte: Shutterstock

Uma das principais preocupações de quem acabou de se formar ou está no fim da graduação é a entrada no mercado de trabalho. Mesmo já possuindo experiência em estágios, muitos jovens sentem uma maior exigência na hora de encontrar um emprego fixo. Pensando nisso, reunimos algumas dicas sobre o que as empresas esperam dos formandos, confira:

Leia também:
» As 5 principais características profissionais procuradas pelas grandes empresas
» Saiba quais são as características mais procuradas pelas empresas na hora de contratar
» Entenda por que pessoas que aprendem fácil são as preferidas das empresas

Muitos de nós já ouviram pessoas mais velhas falando da importância de se ter um bom diploma. Porém, apesar desse critério ainda ser válido, já não é mais ele que faz os olhos dos empregadores brilharem na hora de contratar. Atividades extracurriculares também já tiveram mais peso. Atualmente, boa parte das empresas vem prestando mesmo atenção é em um conjunto de habilidades que se espera do candidato.

De acordo com o Ranking Global de Empregabilidade feito pela Times Higher Education em 2015, qualidades como liderança, inovação e networking pesam muito na hora de decidir quem será contratado. Trabalhos voluntários e a participação do candidato na sua comunidade são outros aspectos do perfil analisados no momento da seleção e não apenas por seu aspecto social. Acredita-se que jovens com tais experiências possuem maior aptidão em campos como estratégias de marketing e tomada de decisão.

As empresas entendem que os estudantes estão começando a optar por atividades extracurriculares que desenvolvam habilidades e ajudem na empregabilidade – algo que impacta como as mesmas são avaliadas pelos recrutadores. Aptidão para trabalhar em grupo, criatividade, resiliência e conhecimentos tecnológicos – incluindo o funcionamento de redes sociais e do universo digital – são alguns dos pontos observados pelos gestores.

Atualmente, o Top 10 de habilidades nos jovens profissionais é: 1 – Solução de Problemas 2 – Bom Trabalho em Equipe 3 – Gestão de Pessoas 4 – Pensamento Crítico 5 – Negociação 6 – Controle 7 – Sugestão de Ideias 8 – Capacidade de Tomar Decisões e Bom Julgamento 9 – Escuta Ativa 10 – Criatividade


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.